As ervas ideais para os chás de combate ao hipotireoidismo

Por Natália Petrin em Saúde

Hipotireoidismo é uma doença em que há o funcionamento reduzido da tireoide, de forma que ela não produz o hormônio na quantidade que o corpo precisa. Diante disso, há uma descompensação no metabolismo que afeta, principalmente, às mulheres.

A doença pode vir a se transformar em algo crônico, de forma que o paciente precisa se submeter a um tratamento baseado em levotiroxina, que deve ser consumida diariamente, corrigindo a descompensação. A alimentação adequada, em conjunto com esse tratamento, ajudam o paciente a ter uma vida tranquila e realizar suas atividades normalmente. Além da alimentação, existem alguns chás que podem ajudar no tratamento.

Quais são os sintomas?

Os sintomas do hipotireoidismo envolvem o cansaço, aumento de peso, problemas com o sono, perda de cabelo, pele seca, dores musculares, problemas menstruais, sensação de frio, prisão de ventre, tendência à depressão e retenção de líquidos, entre outros.

Imagem de mulher com a mão no pescoço

Foto: Depositphotos

Ervas que auxiliam no tratamento

Chá de gengibre

O gengibre ajuda no tratamento do hipotireoidismo devido à sua ação como estimulante para o sistema circulatório. Isso combate a sensação de frio e a fadiga que são comuns na doença. Rale o gengibre para preparar a infusão. Use a proporção de uma colher (de chá) para uma xícara de água. Consuma frio após as refeições.

Algas marinhas fucus

Algumas algas marinhas, como é o caso do musgo irlandês, por exemplo, ajudam no tratamento devido à presença do iodo, usado no tratamento. É essencial, entretanto, que antes do consumo, um médico seja consultado, já que pode, associada aos medicamentos, sobrecarregar o organismo.

Dente de leão

A prisão de ventre é um dos sintomas do hipotireoidismo, e o chá feito com a erva de leão ajuda a melhorar o funcionamento do intestino. A infusão, feita com 15 g de dente de leão para cada 250 ml de água, deve ser consumida sempre antes das refeições.

Pimenta caiena

O chá de pimenta caiena é excelente para melhorar o funcionamento do sistema circulatório, ajudando, portanto, a aliviar o sintoma do frio. Use ¼ de colher de chá para cada xícara de água. O chá deve ser consumido bem quente.

O que não consumir?

Existem também aquelas ervas que devem ser evitadas. Entre elas, estão a erva-cidreira, que pode afetar a eficácia dos medicamentos consumidos para o tratamento do hipotireoidismo, assim como o fenacho que pode afetar o equilíbrio dos hormônios da tireoide.

Em caso de dúvidas, é importante procurar um médico, pois apesar de serem medicamentos naturais, os chás podem afetar a sua saúde quando consumidos de forma errada.