Chá de caruru – Benefícios e propriedades

Por Stefanie Mouret em Plantas

Com o nome científico de Amaranthus viridis, o Caruru faz parte da família Amarantáceas e é muito difundido no Brasil. Você pode estar na região Norte, Sul, Leste ou Oeste, facilmente avistará um ramo de Caruru. Por sua facilidade em adaptar-se, a planta é conhecida como “invasora” de outras plantações, sendo vista por muitos como mero “mato” ou “praga”. A Bahia é, certamente, o local onde ela é mais disseminada, e lá faz parte da cultura de muitas pessoas – em especial as mais humildes – consumirem o Caruru entre suas culinárias ou, principalmente, como chá. Sua popularidade se dá aos seus benefícios e propriedades medicinais que exerce no organismo, curando, tratando e prevenindo doenças.

Caruru

Foto: Reprodução

Benefícios do caruru

Rica em vitaminas A, B1, B2, C, ferro, cálcio e potássio, seu consumo é muito indicado para o fortalecimento de dentes e ossos, infecções de amplos aspectos (de garganta, de urina, entre muitas outras), hidropisia e problemas hepáticos.

“Bredo” como é carinhosamente chamado na Bahia, o Caruru é conhecido por aliviar o fígado e fortalece-lo. Seu consumo comumente é sugerido para pessoas que, em algum momento da vida, sofreram problemas com excesso de bebidas e agora lidam com um fígado fragilizado como sequela.

Por ser um poderoso desobstruente, o Caruru é utilizado para doenças do trato urinário, principalmente infecções de urina, já que “limpa” o local por onde a urina deve passar, eliminando toxinas, fungos e bactérias, além de aliviar as prováveis dores que esses males provocavam.

Como utilizar?

É interessante saber que todas as partes da planta Caruru são comestíveis e inofensivas, até mesmo suas sementes. Assim, para consumir, leve ao fogo um litro de água, juntamente com 100 gramas da planta. Deixe ferver por 10 minutos, então desligue e abafe o recipiente. Cinco minutos depois, coe, adoce se julgar necessário – sem exageros – e beba duas vezes ao dia, em especial antes das principais refeições, caso seja possível.

Não foram encontrados registros de relatos com efeitos colaterais, nem mesmo contraindicações.