Benefícios do chá das sementes de sucupira para cães

Por Natália Petrin em Saúde

Bastante difundido ao redor do mundo, o uso medicinal da sucupira é útil no tratamento de diversos problemas de saúde, podendo ter seus benefícios aproveitados por meio do consumo do chá feito com as sementes maceradas.

É importante frisar, entretanto, que não existem comprovações científicas quanto ao uso e benefícios das sementes, assim como também não existem estudos que garantam a segurança da ingestão desse medicamento natural.

Alguns famosos, entretanto, usam a planta e relatam ter obtido resultados. O ator Juca de Oliveira, por exemplo, que algumas vezes ficou completamente travado após trabalhos pesados, ouviu falar sobre os benefícios para o combate da dor e resolveu tentar, consumindo 1,5 L do chá diariamente.

Segundo ele, os resultados foram ótimos, excepcionais: em uma semana do consumo ele estava ótimo.

Benefícios do chá das sementes de sucupira para cães

Foto: Pixabay

Aplicações em cães

Ainda segundo ele, a aplicação do chá para os cães também é ótima. Um cão de sua fazenda sentia dores na pata, andando somente com três delas, tendo dificuldades para se locomover devido ao seu tamanho e peso. Com medo que o cão morresse durante a cirurgia recomendada pelo médico veterinário, resolveu tentar tratar o pet com a sucupira, método o qual surtiu efeitos positivos.

Receita do Juca de Oliveira

Ingredientes:

1 garrafa de Biotônico Fontoura
4 sementes de sucupira

Modo de preparo:

Quebre as sementes com ajuda de um martelo ou alicate, pois são bem duras. Depois de macerar, acrescente-as no vidro de biotônico e deixe descansar por aproximadamente cinco dias. Depois disso, em pequenas quantidades e com a ajuda de uma seringa, ofereça o medicamento natural ao pet.

O chá deve ser feito com cinco sementes quebradas em um litro de água fervente. Com a água já fervendo, mergulhe as sementes e deixe ferver por mais dois minutos. Em seguida, desligue e remova as sementes. Conserve na geladeira.

Contraindicações e precauções

Não foram encontradas, na literatura consultada, contraindicações referentes à toxicidade da sucupira, tanto em humanos quanto em animais. Use por pequenos períodos, já que a longo prazo podem causar problemas.

Algumas pessoas indicam que o consumo deve ser feito por 15 dias consecutivos, seguidos de uma pausa do mesmo período.

Converse sempre com um médico veterinário, pois apesar dos benefícios que o ator revelou em relação ao seu pet, animais menores ou com problemas diferentes podem acabar tendo mais complicações, se não forem tratados da forma correta. Não há garantias de que a receita seja eficaz ou segura para os pets.