Benefícios e propriedades do chá de malvarisco

Por Natália Petrin em Plantas

O malvarisco, de nome científico althaea officinalis, é uma planta com propriedades medicinais. Também conhecida como malva-branca, douradinha, douradinha-do-campo, valva-veludo, entre outros. É amplamente utilizada na medicina caseira em todas as regiões do Brasil, sendo considerada estimulante, emética, sudorífica.

Benefícios

A planta pode ser usada também para o controle da disenteria, do catarro-brônquico, afecções dos pulmões, blenorragia e infecções da bexiga – cistite. Quando empregada na forma de tintura da casca, pode ser utilizada no Sul do país como um tônico cardíaco, enquanto a casca dos ramos e das folhas são consideradas diuréticas e hipotensoras.

Este vegetal é indicado ainda no tratamento de afecções pulmonares, bronquite, indigestão, dores na bexiga, dores de garganta, tosse e outras inflamações quando usado na forma de infusão. Quando aplicado externamente, é eficaz no tratamento de úlceras crônicas e para amolecer tumores. Pode ser utilizada também como depurativo energético e emoliente, podendo ajudar no tratamento de doenças sifilíticas. Tem ainda ação hipotensora, cardiotônica e diurética.

Althaea officinalis é uma planta amplamente utilizada na medicina caseira no Brasil

Foto: Reprodução/ internet

O chá feito com as folhas, flores e raízes do malvarisco possui ação calmante, podendo ser usada contra a ansiedade, angústia, depressão entre outras afecções relacionadas.

Como preparar a infusão

Para preparar, separe:

Um litro de água

20 g das folhas picadas

Em um recipiente, coloque a água e leve ao fogo. Quando começar a ferver, acrescente as folhas já lavadas e picadas. Deixe descansar tampado por aproximadamente 15 minutos ou até amornar. Em seguida, coe e consuma. A dose indicada é de quatro a cinco xícaras por dia.

Chá para garganta

Para preparar, coloque em um recipiente cinco colheres de sopa das folhas de malvarisco picadas e reserve. Depois, leve uma xícara de água ao fogo e aguarde até alcançar o ponto de fervura. Quando isso ocorrer, adicione as folhas e tampe, deixando descansar abafado até amornar, ou por um período aproximado de 10 a 15 minutos. Quando amornar, coe e consuma.

Como usar: Diariamente, até que os sintomas desapareçam, faça gargarejo durante três minutos deixando o líquido encostar bem na garganta. Repita o processo quatro vezes ao dia por quantos dias forem necessários. Se não melhorarem os sintomas, procure orientação médica.

Importante! É essencial que você sempre consulte um profissional da saúde antes de consumir qualquer medicamento, mesmo que seja natural, pois até mesmo as plantas possuem interações medicamentosas.