Cálamo aromático: chá com propriedades medicinais

Por Katharyne Bezerra em Plantas

Há muitos séculos o cálamo aromático é utilizado como chá, por conter inúmeros benefícios. É uma planta da família araceae e que nasce próxima às margens dos rios de toda a América do Norte, Europa e Ásia. Possui entre 60 a 150 centímetros de altura e possui um tronco subterrâneo.

Como o próprio nome já diz, a planta possui um cheiro bom, que lembra o de tangerina, porém possui um gosto amargo. Para obter os resultados positivos, é preciso fazer um chá do cálamo ou então mastigá-lo na sua melhor forma, isto é, cru.

Benefícios do chá de Cálamo

O chá produzido com o cálamo aromático serve para potencializar as funções do estômago, facilitando a digestão pesada e trabalhando a fim de ajudar na escassez de suco gástrico, prevenindo, assim, a gastrite crônica. Ainda relacionada à doenças ligadas ao sistema digestivo, a planta serve para diminuir a halitose, doença conhecida pelo mau hálito. A infusão ainda ameniza flatulências, vômitos e os gases presentes no tubo digestivo.

Cálamo nasce próximo às margens dos rios de toda a América do Norte, Europa e Ásia

Foto: Reprodução/ internet

Além disso, o cálamo possui uma função tônica, utilizado como relaxante muscular, por ser antiespasmódico. Tranquiliza o sistema nervoso, servindo como estimulante de sensações alegres e possui efeitos eufóricos. Possui ainda propriedades que lhe oferecem a opção de afrodisíaco, aumentando, consequentemente, a libido.

Também é um ótimo agente de combate à doenças que atacam o sistema urinário, como a hiperazotemia, quando há uma insuficiência renal muito grave. Possui ainda a função diurética, aumentando o grau do fluxo urinário.

E os benefícios não param, o chá feito a partir do cálamo aromático atenua o raquitismo, diminui inchaços e acaba com a icterícia, que são manchas na pele. Também atua como excelente agente na luta contra a bronquite e catarros.

Preparando o chá

Para obter os resultados desejados para cada uma dessas doenças é preciso preparar o chá de cálamo e tomar diariamente, por um certo período que não seja muito longo. O ideal é tomar uma xícara do chá de três a quatro vezes ao dia.

O preparo do líquido feito com o rizoma (caule subterrâneo) da planta, leva além deste ingrediente, apenas mais um, a água. Basta adicionar duas colheres de sopa para cada litro de água utilizado, a quantidade será relativa a quantas xícaras serão servidas.

Deixe a substância cozinhar  e espere 10 minutos, contando a partir do momento que o líquido entrar em ebulição. Depois desse período, retire do fogo, coloque o chá dentro de um recipiente tampado e aguarde mais 10 minutos. Após esse procedimento, coe e tome sem adoçar.

Precauções

O chá não deve ser ingerido por gestantes, lactantes e nem por crianças menores de dois anos. Outra importante dica, é usar o produto de forma descontínua, pois em excesso o mesmo pode provocar efeitos negativos para a saúde humana. Em casos de doenças, é importante uma consulta médica.