Chá de adonis – Benefícios e propriedades

Por Helena Silva em Plantas

Também conhecida como Adonis-da-Primavera, esta planta da família Ranunculaceae é originária da Europa, sendo também facilmente encontrada na Ásia e América, geralmente em vertentes soalheiras com subsolo calcário. Tendo seu uso para fins cardíacos de forma relativamente nova, desde a antiguidade esta erva já vinha sendo utilizada para a cura de afecções sexuais.  Chegando a medir cerca de 15 à 50 cm, seu caule é ereto e suas flores geralmente aparecem durante a estação da primavera. É conhecida como uma importante planta para a medicina natural, apesar de ser venenosa, tendo propriedades cardiotônicas, sedativas, vermífugas e emenagogas.

Chá de adonis - Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

Dentre os princípios ativos estão glicosídeos cardiotônicos (que conseguem trazer efeitos sedativos e combatem tosses, epilepsias e asmas, pois surgem agindo diretamente no sistema nervoso central), sais minerais e ácidos orgânicos. É tão benéfica à saúde que suas substâncias não são acumuladas no organismo humano, não causando nenhum tipo de prejuízo. Seu chá também age como poderoso diurético e desinfetante.

A parte utilizada para fins medicinais é a aérea. Suas folhas não tem cheiro e, como muitas ervas, possui sabor um pouco amargo, quase acre.

Quando a planta Adonis é indicada

  • Insuficiência cardíaca congestiva;
  • Contração prematura do músculo cardíaco;
  • Miocardite;
  • Taquicardia;
  • Arritmia;
  • Tosse;
  • Asma;
  • Epilepsia
  • Câibras;
  • Dor de ordem reumática.

Receita do chá

Adicione uma colher de sopa da planta Adonis à 300 ml de água.

Leve ao fogo e, assim que a fervura começar, desligue-o. Vede a mistura com uma tampa e deixe-a em situação de abafamento pelo período de cerca de dez minutos. Ao término deste tempo, coe e beba. Faça ingestão de uma xícara do chá ao dia.

Contraindicações

Não deve ser consumido por mulheres gestantes ou em período de lactação e crianças. Aqueles que sofram de disfunções estomacais como gastrite ou úlcera gastroduodenal também devem evitar a utilização desta planta.

Devido à sua toxicidade, a partir da presença dos glicosídeos cardiotônicos, deve-se apenas ser ingerida a partir de prescrição médica.

Se você estiver realizando tratamento com heterosídeos cardiotônicos, quinidina, laxantes ou diuréticos, evite também usar o chá de Adonis.

Pode apresentar efeitos colaterais como hipertonia gastrintestinal, perda de apetite, náuseas, diarreia e dores de cabeça.