Chá da erva Santa Maria – Benefícios e propriedades

Por Débora Silva em Plantas

A erva Santa Maria (Chenopodium ambrosioides) é uma planta também conhecida por vários outros nomes como: mastruço, ambrósia, anserina, chá-do-méxico, mastruz, matruz, menstruz, mentraz, quenopódio e erva-formigueira.

A herbácea possui raízes oblongas, brancas e interior amarelo de folhas lanceoladas, pequenas e dentadas; suas flores são pequenas e de cor branca ou esverdeada; e os seus frutos são pequenos, secos e possuem numerosas sementes negras. Em seu país de origem, o México, a erva Santa Maria é utilizada como especiaria no preparo de sopas, cozidos, pizzas e pratos típicos. No Brasil, um dos usos mais populares da erva de Santa Maria é como vermífugo.

Erva Santa Maria

Foto: Reprodução

Propriedades medicinais e indicações

Em nosso país, um dos usos mais populares da erva Santa Maria é como vermífugo, e a planta é comumente encontrada nas fórmulas de diversos vermífugos, devido à presença de ascaridol em sua composição.

O consumo do chá da erva maria é indicado como vermífugo, laxativo, no tratamento de casos de gases intestinais, úlcera, câimbras, angina, circulação, contusão, tuberculose, asma, hemorragia interna e hemorroidas.

A erva Santa Maria possui, ainda, propriedades que aceleram o processo de cicatrização e aliviam micoses. Além disso, no uso externo, o chá ameniza a dor provocada por picadas de insetos e combate parasitas como piolho, pulga e percevejo; traças e lagartas.

Modo de preparo do chá

Adicione duas colheres (sopa) de erva em um litro de água. Quando a água alcançar fervura, desligue. Tampe e deixe a mistura abafada por aproximadamente 10 minutos. Após esse período, é só coar e beber. Beba de duas a três xícaras ao dia.

Atenção para a quantidade ingerida, pois, em excesso, o chá de santa Maria pode provocar náuseas, dor de cabeça e convulsões.

Para o uso como vermífugo, é comum o preparo de uma infusão na proporção de 10 gramas da planta para cada litro de água, tomando-a em pequenos goles no decorrer do dia, e associando-a ao óleo de rícino, tomando uma colher deste após o tratamento do chá.

Para o tratamento da tuberculose, a indicação é de 1 colher de sumo da planta em jejum

Contraindicações

O consumo desta planta é contraindicado para gestantes e crianças menores de dois anos. Lembre-se que é sempre indicado consultar um médico para verificar se determinada planta pode ser usada para o seu caso específico. O consumo da erva Santa Maria deve ser feito com acompanhamento médico, pois o seu uso incorreto pode levar a efeitos colaterais como dor de cabeça, aborto e problemas cardíacos e respiratórios.