Chá das cascas de lichia

Por Nayla Georgia em Frutas

Na China, um dos chás mais consumidos é o das cascas de lichia, aquela frutinha vermelha com gosto de uva. Esse chá é usado para combater a diarreia e a desidratação, além de aliviar dores de garganta provocada por lesões nos nervos e cessar as tosses. Apesar de empiricamente ser comprovada a eficiência desse chá, ainda não é dito pela ciência nada demais a respeito das propriedades medicinais da lichia e seu chá. Mesmo que não seja cientificamente comprovada a eficiência dessa fruta, muitos brasileiros estão dando vez para ela em seus cardápios, pois ela é cheia de antioxidantes, minerais e vitaminas.

Quais os benefícios e propriedades da lichia?

Chá das cascas de lichia

Foto: Reprodução

A frutinha de origem chinesa é rica nas vitaminas de complexo B e possui também o ácido ascórbico – ou vitamina C – na sua composição. Essas vitaminas são responsáveis por prevenir o envelhecimento precoce, já que são antioxidantes, além de evitar o aparecimento de doenças inflamatórias, alergias, problemas no coração e até câncer. Outros antioxidantes encontrados na lichia são: antocianinas e cianidina. Já os minerais presentes na fruta são magnésio, fósforo, cálcio e, em destaque, potássio. Justamente por ser tão rica em potássio – que ajuda no sistema renal, na manutenção de fluidos orgânicos, no relaxamento dos músculos e na contração deles – é que seu consumo deve ser moderado pelas pessoas que sofrem com disfunções nos rins. O resultado do exagero em pessoas assim poderá resultar em problemas cardíacos, incluindo a alteração do ritmo de batimento.

Não erre no consumo!

Se você sofre de algum problema nos rins ou tem histórico na família deverá procurar um nutricionista ou seu médico de preferência para que ele indique a quantidade certa de lichia para seu caso. A resposta irá depender do grau da doença ou outros fatores a serem estudados.

Para que servirá o chá?

Mulher tomando chá

Foto: Reprodução

Resultados de testes em pessoas que decidiram por conta própria tomar o chá apontam que erupções na pele causadas pela varíola podem ser combatidas com o chá de lichia. Outro ponto para o chazinho chinês é para quem está com diarreia ou dores intestinais.

Como fazer o chá?

Escolha algumas cascas da fruta e coloque para secar ao sol. Depois de secas, coloque em uma xícara e despeje água fervente por cima das cascas. Tampe e deixe em infusão para apurar por três minutos para poder coar. Ao chegar a uma temperatura agradável, adoce da maneira que preferir* e beba. Nunca passe de três xícaras por dia, pois poderá ser bastante nocivo para o coração e outros órgãos.

*Prefira adoçar com açúcar mascavo ou mel, assim não irá cortar completamente as propriedades do chá e irá acrescentar mais benefícios.