Chá das sementes de melancia

Com os tratamentos naturais cada vez mais em alta fica indispensável manter-se inteirada das propriedades e benefícios que as frutas ao nosso alcance podem nos oferecer.

A melancia é uma fruta muito comum na mesa dos brasileiros, consumida em sua forma natural ou muitas vezes em forma de suco. Além de muito saborosa é pouco calórica (tendo de 30 a 32 calorias para cada porção de 100 gramas) e possui um percentual de 90 % de água em sua composição, agindo como hidratante natural (Ótima opção para o verão cada vez mais quente). Esta fruta age como antioxidante graças a grande quantidade de licopeno, um carotenoide que faz dela uma aliada na prevenção do câncer.

A parte da fruta mais aproveitada é na maioria das situações sua polpa, mas o que poucas pessoas sabem é que as sementes da melancia também podem ser utilizadas e são benéficas à saúde quando aproveitadas na forma de chá, por exemplo.

Chá das sementes de melancia

Chá das sementes de melancia

Foto: Reprodução

O chá é indicado para quem sofre com problemas de hipertensão, por conter substâncias vasodilatadoras, o que facilita a circulação do sangue no organismo, além de afastar o indesejável problema da retenção de líquidos, muitas vezes responsável pela desagradável sensação de inchaço.

Outras indicações deste chá:

  • Impotência sexual;
  • Problemas de circulação.

Como fazer o chá

Para fazer o chá da semente de melancia é simples, você precisará de:

–     2 Colheres das sementes (já desidratadas de um dia para o outro)

–     ½ Litro de água

Esquente a água até que atinja a fervura e em seguida adicione as sementes, mantendo, a partir daí, o recipiente tampado até que o chá adquira uma temperatura mais amena. É importante que o chá esteja fresco, ou seja, é necessário que seja feito no dia em que for consumido para garantir dessa forma o aproveitamento de todas as suas propriedades.

O chá das sementes de melancia pode ser consumido várias vezes ao dia sempre em pequenas quantidades. Contudo, vale ressaltar que os remédios caseiros não podem substituir os tratamentos indicados pelo médico, eles apenas servem como uma fonte alternativa.