Chá de abútua

O chá de abútua não é tão conhecido pelo grande público, mas os benefícios que ele traz à saúde estão tornando-o cada vez mais conhecidos no Brasil. As mulheres são as que mais sentem os efeitos positivos do consumo frequente do chá, pois ele combate os sintomas da incômoda Tensão Pré-Menstrual (TPM) e evita problemas no ciclo menstrual.

O que é a abutua?

Chá de abútua

Foto: Reprodução

A abutua, de nome científico Chondrodendron platyphyllum, é uma planta da família das trepadeiras originária do Brasil. Na infusão com propriedades medicinais que é feita com a erva podem ser utilizadas partes secas das raízes ou do caule, pois é nessas partes que as substâncias que fazem bem ao organismo são encontradas em maior concentração. A abútua é aparentemente semelhante a videira, possuindo também cachos de frutas parecidas com a uva, geralmente mais escuras e adocicadas, mas que não devem ser ingeridas.

Os benefícios

O chá de abútua pode ser usado nos tratamentos contra prisão de ventre, dor de cabeça, anemia, artrite, problemas no fígado e problemas digestivos. São conhecidos também os efeitos positivos do consumo da infusão por pessoas que sofrem de reumatismo e inflamações na bexiga.

Quem tem úlceras no estômago também pode consumir o chá e ter acesso ao alto poder curativo que a abútua possui, assim como as garotas que sofrem com os problemas típicos da TPM, como as cólicas e a dor de cabeça. É aconselhado o consumo do chá também por mulheres que possuem o ciclo menstrual desregulado.

Outras indicações

Como fazer o chá

O chá, que não pode ser consumido por crianças menores de 10 anos e gestantes, deve ser consumido somente uma vez ao dia, por um período de até sete dias seguidos. Para fazê-lo é só acompanhar os seguintes passos:

  1. Leve ao fogo uma panela com uma xícara de água e aguarde levantar fervura antes de desligar;
  2. Coloque uma colher de chá cheia de raízes secas de abútua em uma xícara e despeje a água por cima;
  3. Tampe a xícara e deixe o chá em repouso por dez minutos.
  4. Beba sem adoçar.

Efeitos colaterais

O uso indevido pode causar aborto e a planta pode ter efeito tóxico. O ideal é sempre buscar a indicação médica antes de qualquer tratamento, mesmo que seja natural.