Chá de acônito: benefícios e propriedades

Por Natália Petrin em Plantas

Acônito é uma planta perene que possui raízes tuberosas e é cultivada atualmente em grandes quantidades para uso farmacêutico. A mesma é originária da Europa e cresce de forma espontânea em campos e florestas. Pode ser utilizada em diversas composições para misturas medicinais analgésicas e, por isso, assim como muitas outras plantas, deve ser usada somente com orientação e acompanhamento médico.

De nome científico aconitum napellus, o vegetal acônito possui flores semelhantes com a da dedaleira, porém, com coloração azul. Frequente em Portugal, a planta, apesar de cheia de benefícios, pode causar paralisia respiratória e levar à morte quando usada em doses superiores às recomendadas.

Benefícios e propriedades

Quando recomendada com prescrição e respeitando as dosagens indicadas, a planta pode ser empregada para combater afecções respiratórias, principalmente asma e tosse, podendo ser usada também em nevralgias e nas dores reumáticas.

De nome científico aconitum napellus, acônito é originário da Europa

Foto: Reprodução/ internet

Esse vegetal é indicado para artrite, inflamação, febre, tratamento da pele, nevralgias e possui rapidez na ação. É dotado de ação analgésica, anticongestiva, anti-inflamatória, cardiotônica, diurética, sedativa e sudorífera. Pode ser auxiliar no tratamento de dores de cabeça, nervosismo, medo e ansiedade. É eficiente também no tratamento de infecções agudas como a sinusite, dores de garganta, além de problemas digestivos. Pode ser usado para a irritabilidade, insônia e raiva, aliviando sintomas fisiológicos como nervosismo, agitação, medo da morte e, inclusive, pesadelos.

Segundo a mitologia grega, o acônito ficou venenoso graças à espuma que pingou de cérbero, cão que guardava os portões do inferno quando Hércules o arrastou das profundezas da Terra. Com essa planta, Medéia, uma sacerdotisa da deusa Hécate, tentou envenenar seu enteado chamado Teseu. Isso porque seu filho legítimo não poderia herdar o trono de seu marido com o enteado ainda vivo.

Como preparar

Para preparar o chá, você vai precisar de:

– Duas colheres de sopa de acônito

– Um litro de água

Modo de preparo:

Em um recipiente, coloque a água e a planta acônito. Quando começar a ferver, marque no relógio aproximadamente 15 minutos de cozimento. Passado esse período, desligue o fogo e tampe, deixando descansar por aproximadamente 10 minutos. Quando passar esse tempo, coe e veja se está morno. Consuma em seguida.

Dosagem

O ideal é consumir entre duas e três xícaras do chá por dia.

Contraindicações

O medicamento não deve ser usado sem indicação de um médico. Não deve ser usado por pacientes com doenças cardiovasculares, mulheres gestantes ou em período de amamentação do bebê.