Chá de beldroega para tratar fígado, bexiga e rins

Por Katharyne Bezerra em Cultura, Degustação, Doenças, Plantas, Saúde

A natureza esconde vários mistérios, não é a toa que as pessoas deixam passar despercebidas as plantas que curam e alimentam por acharem que são ervas daninhas, ou seja, matos que nascem espontaneamente nos terrenos baldios e que não possuem propriedades capazes de ajudar o organismo contra doenças.

Porém, com o avanço da tecnologia e os diversos experimentos elaborados por cientistas, é possível descobrir alguns dos segredos da natureza e usufruí-los de maneira apropriada.

Um exemplo disso é a beldroega, planta discreta por ser rasteira e alcançar apenas 30 cm, mas que guarda grandes benefícios em suas composições. Pode ser utilizada em sucos, mas também em forma de chás.

Chá de beldroega para tratar fígado, bexiga e rins

Foto: depositphotos

Propriedades medicinais

Originada na Europa, mas que hoje pode ser encontrada em quase todas as regiões brasileiras, a beldroega é uma planta que cresce perfeitamente em solos cultivados.

Semelhante ao espinafre com relação ao sabor e as propriedades, esta erva carrega diversos benefícios únicos graças aos seus poderes:

  • Antibacteriano;
  • Antiescorbútico;
  • Anti-inflamatório;
  • Antipirético;
  • Colerético;
  • Depurativo;
  • Diurético;
  • Emoliente;
  • Emenagoga;
  • Laxante;
  • Sudorífero;
  • Vermífugo.

Benefícios desta planta

Esta planta é versátil, pois ao mesmo tempo em que trata distúrbios internos no organismo também é capaz de melhorar problemas externos.

Assim, a beldroega elimina vermes e cura afecções que atingem fígado, bexiga e rins. A secreção do leite também aumenta com uso desta erva, contudo é necessário ter um acompanhamento médico, bem como em casos de grávidas usuárias.

Do lado de fora do corpo, a planta também se mostra aliada da saúde. Isto porque, a erva pode ser aplicada na pele com o intuito de tratar queimaduras, ferimentos e outras contusões. A utilização desta planta é indicada nestes casos, pois além de aliviar as dores, também é ideal para estimular a cicatrização.

Chá de beldroega

Coloque 100 gramas das folhas de beldroega em um litro de água filtrada. Leve os ingredientes para o fogo e deixe ferver por 10 minutos. Depois do tempo determinado, desligue o fogo e deixe a panela tampada por mais 10 minutos.

Após a infusão, coe o líquido e beba de três a quatro xícaras por dia. No caso de uso externo, aplique as folhas do preparo nos ferimentos.