Chá de candeia – Propriedades e benefícios

Por Stefanie Mouret em Plantas

Com o nome científico de Gochnatia polymorpha, a candeia pode ser popularmente conhecida por cambará, cambará de folha grande, cambará do mato e cambará guaçú. Integrante da família Asteraceae (a mesma a qual pertencem o girassol, a margarida e a camomila), a candeia é uma árvore que pode alcançar até 8 m de altura e é muito utilizada para a construção de cercas e outros objetos de madeira que necessitam de um material resistente e forte como é a madeira da candeia. Com folhas de aspecto prateado que parecem ter sido retorcidas em seus ramos, a planta também é comumente buscava para paisagismos em geral, além de reflorestar áreas degradadas, pois consegue sobreviver bem tanto em solo fértil quanto seco. Além de todas as utilidades já citadas, a candeia também é conhecida pelos nativos já há muitos anos pelas propriedades medicinais que possui, podendo proporcionar verdadeiro alívio para muitos males que acometem o organismo.

Candeia

Foto: Reprodução

Propriedades e benefícios

Após muito falatório sobre os poderes da candeia, pesquisadores da Universidade do Planalto Catarinense (UNIPLAC) decidiram desenvolver um estudo com os princípios ativos encontrados nas folhas da planta. Coordenada pelo professor Valfredo Schlemper, a pesquisa testou em tecidos retirados de um porquinho da índia o extrato das folhas de candeia, e simularam no tecido contrações intestinais. Embora o resultado seja ainda parcial, descobriu-se que ela de fato possui propriedades antiespasmódicas, aliviando as contrações forçadas na pesquisa, além de ser um excelente expectorante.

Assim, caso você sofra de dores intestinais, resfriados, tosses constantes e gripe, lembre-se com carinho da planta candeia e do que ela pode fazer por você.

Preparo

Para que não se corra o risco de confundir ou colher folhas da planta errada, busque a candeia em farmácias ou lojas de produtos naturais. Ela estará prontamente seca e triturada para que seu chá seja preparado. Basta levar ao fogo 500 ml de água filtrada juntamente com 2 colheres de sopa da planta. Deixe ferver por 10 minutos e abafe. Quando a temperatura estiver adequada para consumo, coe e beba 2 vezes por dia, antes das principais refeições.

Alerta

Antes de iniciar qualquer tratamento medicamentoso – natural ou químico – busque seu médico para então decidir como proceder, pois cada organismo é único e reage de forma diferente. Caso sinta qualquer reação indesejada, interrompa o uso imediatamente e busque auxílio médico.