Chá de carqueja crespa: potente digestivo

Por Débora Silva em Degustação, Doenças, Plantas, Saúde

O uso de plantas e ervas medicinais para tratar e prevenir doenças é uma prática milenar. Um dos primeiros registros históricos a respeito dessa prática é um texto denominado “Matéria Médica”, escrito no século I pelo médico grego Dioscórides.

São muitas as variedades de plantas que podem auxiliar na cura de determinadas condições de saúde, incluindo a carqueja crespa.

Características da carqueja crespa

A carqueja crespa, de nome científico Baccharis crispa, é uma planta pertencente à família das Asteraceae, sendo também conhecida por outros nomes, como carquejilla, carqueija e chirca melosa. Os princípios ativos da carqueja crespa incluem flavonoides, dimetoxiflavonas, óleos essenciais, ácido hautriwaico, dentre outros.

cha-de-carqueja-crespa-potente-digestivo

Foto: reprodução/UFRGS

Apesar de o uso medicinal das plantas ser tão antigo quanto a história da humanidade, foi apenas no século XVII que os químicos descobriram que a ação terapêutica dos vegetais devia-se aos seus princípios ativos, que é uma mistura de certos elementos presentes em suas folhas, caules ou raízes.

Propriedades e benefícios

Dentre as propriedades medicinais da carqueja crespa estão a sua ação afrodisíaca, antibacteriana, antirreumática, antisséptica, antiviral, colagoga, digestiva, diurética e anti-helmíntica.

Graças às suas propriedades, esta planta pode auxiliar no tratamento de diversas condições de saúde, como: abscessos, anemia, cálculo biliar, cirrose hepática, colesterol, cólica biliar, deficiência da circulação do sangue, diabetes, diarreia, icterícia, inflamação das vias urinárias, litíase biliar, pressão alta, impotência masculina, urticária e rins.

Como preparar o chá de carqueja crespa?

Para preparar a infusão de carqueja crespa, basta acrescentar 10 g das partes aéreas da planta em um litro de água. A indicação de consumo deste chá é de 3 a 4 vezes ao dia. Para usar a planta como antisséptico de feridas e úlceras, basta preparar uma decocção. Para uso externo, acrescente 10g das partes áreas da planta em um litro de água e deixe ferver por 30 minutos.

Contraindicações e cuidados

O uso da carqueja crespa é contraindicado para gestantes e pessoas hipotensas. Lembre-se que algumas plantas podem provocar sérios danos ao organismo humano. Por isso, sempre consulte um médico antes de iniciar qualquer tratamento natural.