Chá de cipó caboclo – Benefícios e propriedades

Por André Luiz Melo em Plantas

A Davilla rugosa ou brasiliana ou ainda pilosa (cipó-caboclo), é uma planta do tipo trepadeira, de dimensão variável e lenhosa. Nativa do Brasil e cultivada predominantemente em estados da região Sul, é um vegetal considerado medicinal e é dotada de propriedades depurativas e estimulantes. Possui flores amarelas e pálidas. Suas folhas são crespas e com nervuras maiores na parte inferior.

Nomenclaturas

O cipó caboclo é também conhecido por diversos outros nomes. São eles: capa-homem, cipó-capa-homem, cipó-de-carijó, cipó-vermelho, folha-de-lixa, lixa, lixeirinha, muiraqueteca, muirateteca, muraqueteca, sambaíba sambaibinha.

Cipó caboclo e suas propriedades medicinais

Essa planta é utilizada com maior frequência como purgante e no tratamento de doenças venéreas. É um considerado pela maioria dos brasileiros uma erva rica e poderosa como estimulante, depurativa e afrodisíaca.

Chá de cipó caboclo - Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

O chá (infusão) dessa erva é eficaz como agente diurético, tônico, adstringente, estimulante do sistema nervoso central, purgativo até auxilia na contenção de inchaços nas pernas.

Em geral, essa erva é aconselhada como agente antiespasmódico, depurativo, antifebril, antiasmático, anti-inflamatório, purgativo em doses mais elevadas e emenagogo.

Princípios ativos

Os princípios ativos da davilla rugosa se dividem em três grupos: alcalóides: agoniadina e plumerina. Príncipios amargos: açacares; iridoides; fulvoplumerina e glicideos. Óleos essenciais: farnessol, citronerol; ácido plumerico; plumerideo e resinas.

Efeitos adversos e contraindicações

O cipó caboclo é uma erva a qual não deve, em hipótese alguma, ser ingerida (ou mesmo o seu chá) por crianças ou gestantes. Em outros seres humanos, essa planta pode causar diarreia, caso seja ingerida em doses excessivas.

Receita

Em um litro de água, acrescente duas colheres das de sopa da erva e cozinhe por aproximadamente 10 minutos ou até que comece o processo de fervura. Depois deixe descansar por mais 10 minutos e em seguida coe. Recomenda-se a ingestão de duas a três xícaras ao dia.