Chá de cipreste – Benefícios e receita

Por Gabriely Araujo em Plantas

A cipreste, também conhecida como cipreste italiana, cipreste do mediterrâneo ou simplesmente cipreste comum, é uma árvore com origem na parte sul do continente europeu e sudoeste do continente asiático. Podendo chegar a cerca de 45 metros, tendo um rápido crescimento de aproximadamente 2 metros por ano, mesmo quando cultivada em vasos, a cipreste possui folhagem resistente e uma vida longa, há relatos de que algumas ciprestes chegam a mil anos.

Chá de cipreste - Benefícios e receita

Foto: Reprodução

Além de ser considerada sagrada para diversos povos, esta árvore se trata de uma planta medicinal, com indicações para quem possui problemas circulatórios ou de retenção de líquidos.

A cipreste possui ainda diversas propriedades medicinais como antisséptica, adstringente – que limpa e descontamina – restauradora, calmante, diurética e desodorante. Além dessas propriedades ela também é indicada para inúmeros problemas como os presentes na lista abaixo:

  • Ansiedade
  • Asma
  • Bronquite
  • Cãibra
  • Cólicas Menstruais
  • Diarreia
  • Febre
  • Fraqueza
  • Gripe
  • Hemorragia
  • Hemorroida
  • Hérnia
  • Infecção Urinária
  • Insônia
  • Laringite
  • Menstruação Excessiva
  • Pressão Baixa
  • Tosse
  • Varizes

As propriedades da cipreste podem ser aproveitadas de diversas formas como, em hidratantes, por inalação e através de compressas. Contudo é bastante comum o consumo do chá de cipreste, dos problemas acima ele é indicado para o sistema circulatório – varizes, celulites e hemorroidas -, sistema digestivo – dores de barriga e diarreia -, equilíbrio do sistema hormonal além de aliviar o cansaço nos pés e diminuir o suor nos mesmos.

Receita do chá de cipreste

A cipreste é comercializada em farmácias e lojas de produtos naturais, e a receita do seu chá é bastante simples. Basta adicionar a quantidade de duas colheres da erva para cada litro de água, leve a mistura ao fogo e aguarde até que comece a ferver. Após este ponto, tampe o chá e deixe cozinhar por cerca de 10 minutos. Depois deste período basta coar para tirar o excesso da erva e beber a uma temperatura agradável.

Adoce a gosto, mas cuidado para não colocar açúcar demais e prejudicar as propriedades da planta.

Contraindicações

Como as demais plantas, a cipreste, quando usada esporadicamente, uma vez ou outra, não apresenta contraindicações, mas quando esta é usada para fins medicinais precisa de indicação ou acompanhamento médico adequado. Nada de começar um tratamento por conta própria, pois cada um possui organismo e problema diferentes e precisará de uma dose distinta da erva.