Chá de damiana – Benefícios e propriedades medicinais

A Damiana é uma planta medicinal que possui o nome científico de Turnera diffusa, mas também é conhecida como Damiana-do-México e Damiana-Mexicana. Apesar de possuir uma flor que se destaca e faz com que algumas pessoas pensem que a Damiana se resume à ela, a planta é, na verdade, um arbusto, nativo da América Central, México, América do Sul e Caribe. É relativamente pequeno e suas flores são pequenas e aromáticas (algumas pessoas podem jurar que este arbusto e suas flores têm um cheiro que lembra camomila, por causa do óleo presente na planta). Das suas folhas pode ser feito um chá, que já foi muito utilizado pelos astecas, maias, índios mexicanos e índios da América do Sul. Este chá possui inúmeras propriedades e benefícios, confira.

Chá de damiana

Foto: Reprodução

Propriedades da Damiana

A Damiana é afrodisíaca, antisséptica, urinária, carminativa, colagoga, diurética, emenagoga, estimulante, laxante e nervina. Diante destas propriedades, é possível obter muitos benefícios, principalmente se ela for consumida como chá.

Benefícios do chá de damiana

  • Era usado por adolescentes afim de superarem a timidez – característica comum na época da puberdade.
  • Diminui a frigidez feminina, fazendo até com que a mulher produza mais muco vaginal – o que, consequentemente, a deixa mais lubrificada.
  • Pode ser usado para evitar a ansiedade no desempenho sexual dos adultos, melhorando-o rapidamente. Isso acontece porque o princípio amargo da planta estimula o sistema nervoso, fazendo com que os nervos enviem mais rapidamente as mensagens até os órgãos genitais.
  • Também pode ser utilizado nos seguintes casos: albuminúria, alcoolismo, anorexia, asma, astenia (ou fraqueza), bronquite, cistite, convalescênça, constipação, debilidade, desordem respiratória, depressão, diabetes, diarreia, dispepsia, disenteria, dismenorreia, doenças dos rins e bexiga, doenças venéreas, dor de cabeça, dor de estômago, eczema (de menstruação insuficiente), enurese (incontinência urinária), espermatorreia, impotência sexual feminina e masculina, infecção intestinal, leucorreia, malária, nervos, paralisia, problemas de visão, rinite, reumatismo, sífilis, úlceras pépticas, uretrite e problemas na vesícula.

Atenção!

Apesar de possuir tantos benefícios, como toda planta medicinal, a Damiana também tem suas contraindicações, como nos  casos de gravidez, lactação e hipoglicemia. Por poder causar ansiedade, insônia, taquicardia e irritação no intestino, não se deve tomar mais que uma xícara do chá por dia, para não acabar até sobrecarregando o fígado, pois seus efeitos são cumulativos. Por fim, também não é recomendável o consumo do chá de Damiana com estimulantes como o café, outros chás, guaraná, cola e ginseng.