Chá de feno grego

Por Priscila Melo em Plantas

O feno grego (Trigonella foenum-graecum), também conhecido como alfarva ou alforva, é uma planta silvestre originária da Índia e do Paquistão, seu uso é terapêutico desde a antiguidade. Possui propriedades anticancerígenas, reduz os níveis de glicose, colesterol, auxilia em problemas digestivos e muitas outras coisas.

Chá de feno grego

Foto: Reprodução

Características

Essa planta geralmente floresce na primavera e possui de 1 a 2 palmos de altura, seu caule é reto, liso e arredondado, possuindo poucos ramos. As flores têm uma cor branca amarelada, suas sementes são pequenas e em formato oval, mas nem sempre o formato é exatamente esse.

Para que serve?

O feno grego auxilia no tratamento de gastrite, colesterol, inflamações, anemia, raquitismo, celulite, prisão de ventre, cárie, faringite, cólicas menstruais, hemorroidas, furúnculo, caspa, queda de cabelo entre muitas outras coisas.

Esta erva aumenta a energia corporal, a massa muscular e reduz a gordura corporal, além de diminuir os sintomas da menopausa e estimular a produção de leite em mulheres que amamentam. Foi comprovado, segundo estudos na Austrália que o uso dessa erva ainda pode aumentar a libido masculina. Esta planta é um ótimo reconstituinte geral do organismo, falando física e mentalmente.

Modo de uso

Suas propriedades medicinais se concentram nas sementes, que podem ser usadas moídas e diluídas no leite, em cápsulas, cozinhando as sementes para fazer chá, entre outras formas. Pode-se comprar essa semente em lojas de produtos naturais. Veja agora como utilizar:

Chá de feno grego para ganhar peso, falta de apetite e problemas intestinais: ferva de 10 a 15 minutos uma colher de sopa de sementes em 400ml de água, beba de manhã em jejum. Você deve tomar de forma descontínua.

Chá de feno grego para compressas, gargarejos e lavagens vaginais: ferva durante 10 minutos duas colheres de chá de sementes em uma xícara de água. Em seguida coe o chá e use em compressas no couro cabeludo para tratamento de caspa e calvície. Caso o problema seja de rouquidão faz-se o gargarejo e em inflamações vaginais a lavagem.

Chá de feno grego para alívio da menopausa: use uma xícara de água fria sobre duas colheres de chá de sementes, deixe em repouso durante 3 horas. Em seguida, ferva a água e as sementes, coe e beba enquanto ainda estiver morno, beba três vezes ao dia para aliviar os sintomas da menopausa.

Compressa com as sementes de feno grego para furúnculo: use 110g  de sementes com água ou vinagre, bata no liquidificador até obter uma consistência homogênea, leve ao fogo até levantar fervura. Após isso espalhe a mistura ainda quente sobre um pano e aplique sobre o local inflamado até esfriar, esse procedimento deve ser feito de 3 a 4 vezes por dia.

Contraindicações e efeitos colaterais

O uso do feno grego é contraindicado em mulheres grávidas, pois antigamente era usado para induzir o parto, e em pessoas diabéticas que são dependentes de insulina. Seu uso pode causar gases, barriga inchada, diarreia e irritações na pele.