Chá de funcho – Benefícios desse chá antigases

Por Débora Silva em Plantas

O funcho, também conhecido popularmente como anis ou erva doce, é uma poderosa erva terapêutica largamente utilizada não só na medicina caseira, bem como na perfumaria, na culinária e como aromatizante.

Originária do Mediterrâneo e cultivada em várias regiões de climas temperado ou subtropical, esta planta possui raízes com propriedades diuréticas que são muito usadas em infusões para prevenir o acúmulo de líquidos no corpo. Já as sementes de funcho costumam ser utilizadas em chás para combater gases intestinais.

Propriedades e benefícios

Na composição do funcho estão presentes as vitaminas A, do complexo B e C; fibras; e minerais como cálcio, ferro, fósforo, potássio, cobre, sódio e zinco. Devido ao elevado teor de nutrientes presentes em sua composição, o funcho possui propriedades antiespasmódicas, estimulante, relaxante, vermífugo e antirreumático.

O chá preparado com a semente da erva doce é usado para combater os gases intestinais, sendo comum dá-lo a bebês e crianças pequenas. Este chá também é popularmente conhecido por tratar mulheres na fase da amamentação, pois aumenta a produção de leite e passa os benefícios da erva por meio dele, protegendo o bebê de cólicas.

O chá de funcho também é útil no tratamento de outras condições de saúde como indigestão, prisão de ventre, flatulência, tosses e diarreia, além de estimular o apetite, prevenir o mau hálito e azia. Por ter ação diurética, o chá de funcho também ajuda a combater os inchaços causados pela retenção de líquidos. A erva doce também possui efeito calmante e pode ser usada para auxiliar no tratamento de insônia e ansiedade.

Este chá também é bom para tratar a cólica dos bebês que já não mamam mais no peito, porém não deve ser utilizado sem orientação médica e nem em grandes quantidades.

Chá de funcho - Benefícios desse chá antigases

Foto: Reprodução

Chá de funcho

Para aproveitar os benefícios proporcionados pelo chá de funcho, basta seguir esta receita:

Ingredientes:

– 3 colheres de sopa de funcho;
– 1 litro de água.

Modo de preparo:

Coloque a água para ferver e, após levantar fervura, acrescente as sementes secas da erva. Desligue o fogo, tampe o recipiente e deixe descansando por cinco minutos. A posologia é de uma xícara deste chá, três vezes ao dia.

Para o tratamento de cólicas intestinais em bebês e crianças, a recomendação é adoçar a bebida com um pouco de mel e usar menos erva do que o indicado na receita.

Cuidados

Se for consumido em excesso, o chá de funcho pode causar problemas no trato digestivo. As gestantes devem ter mais atenção com a quantidade de chá ingerido, pois pode levar ao aborto em doses excessivas.