Chá de funcho combate cólicas em recém-nascidos

Por Katharyne Bezerra em Plantas

Durante os quatro primeiros meses de vida, os bebês sentem muita cólica. O incômodo é tanto, que neste período eles choram muito e ficam bastante irritados.

Além destes sinais, a salivação excessiva e outros problemas intestinais também podem ser sintomas que evidenciam a presença de cólica nos pequenos.

Mesmo tratando-se de uma pertubação temporária, os pais buscam alternativas para eliminar a inquietação das crianças. Assim, os pediatras podem receitar medicamentos com esta finalidade.

Quem prefere utilizar-se de produtos naturais, pode encontrar no chá de funcho o tratamento ideal para eliminar as cólicas em bebês.

Chá de funcho combate cólicas em recém-nascidos

Foto: depositphotos

Todavia, é necessário certificar-se com o médico sobre a utilização da planta no caso específico, tendo em vista que nem todos os organismos respondem da mesma maneira aos remédios, seja eles naturais ou não.

Como utilizar o chá de funcho em bebês?

Ao perceber que a criança está sentindo cólicas, os pais devem procurar o pediatra de confiança da família.

Em seguida, questioná-lo sobre o uso da planta para o bebê, uma vez que o paciente pode ter alguma alergia às substâncias contidas na erva e também sobre a quantidade administrada.

Mesmo tratando-se de uma planta que tem como finalidade combater os problemas digestivos, sempre é importante verificar a informação com um profissional.

Liberado a utilização pelo médico, prepare um chá com três colheres (de sopa) de funcho e um litro de água filtrada. Primeiro, ferva o líquido e, em seguida, despeje-o por cima da erva.

Tampe o recipiente e espere a infusão ficar pronta por, aproximadamente , 10 minutos. Prefira o funcho natural, ao invés do que é vendido em saquinhos.

Isso porque, esta última opção pode ter a adição de outras ervas impróprias para o consumo das crianças.

No geral, o tratamento é feito à base de uma colher (de chá) desta bebida, que deve ser administrada ao bebê antes e depois da amamentação.

Caso prefira, a mãe pode ingerir três xícaras do chá por dia para que a criança beba de forma indireta através do leite materno. Os resultados não são alterados desta maneira.

Recomendações gerais

Mesmo tratando-se de um medicamento natural, não é aconselhável exceder a quantidade de ingestão indicada. Assim, para evitar qualquer problema adverso, busque seguir as recomendações do pediatra.

Além disso, o uso desta bebida não deve ser feito pelas grávidas, tendo em vista que no período gestacional o chá de funcho é perigoso.