Chá de gervão roxo – Benefícios e propriedades

Por Natália Petrin em Plantas

O gervão roxo, de nome científico Stachytarpheta jamaicensis, é uma planta da família das verbáceas conhecida também pelos nomes de gervão, erva gervão, origão, vassourinha de botão e oribão. A árvore, vivaz, pode alcançar os 50 cm de altura e possui folhas alternas e pequenas, serradas e pilosas. Suas flores possuem coloração azul ou branca e nascem em espigas lineares e compridas. A colheita pode ser feita em todas as épocas do ano e reproduz-se por estacas de galhos colocadas em solos arenosos e bem drenados, sem preferências quanto ao clima. As partes utilizadas para fins medicinais são as flores e as plantas, e sua multiplicação pode ser feita por meio das sementes ou estacas com mudas – quando feito plantio, deve ser feita com a distância de um metro entre as mudas.

A conservação da erva deve ser feita em local ventilado e sem umidade. Prefira guardar em sacos de papel ou de pano em porções das raízes, caules e folhas.

Chá de gervão roxo - Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

Benefícios e propriedades

A planta, quando usada para preparar o chá, possui propriedades cicatrizantes, béquicas, diuréticas, vermífugas, analgésica, antibacteriana, antidiarreica, antiemética, anticatarral, hemorroidária, antioxidante, antipirética, emenagoga e digestiva. É indicada para combate e tratamento de úlcera péptica, amebíase, afecções renais, distúrbios nervosos, afecções hepáticas e biliares, parasitas intestinais, febre, bronquites crônicas, furúnculo, inchaço do baço e dores de origem reumática.

Pode ser usada também para tratamento de cefaleia, contusão, debilidades orgânicas, amebíase, furúnculos, hepatite, inchaço do baço, machucaduras, prisão de ventre, tumores, vitiligo, rouquidão, resfriado. Seus princípios ativos são os glicosídeos, saponinas, taninos e mucilagens.

Como preparar o chá?

Para preparar o chá, use das colheres de sopa de erva para cada 500 ml de água. Em um recipiente, coloque a água e a erva e leve ao fogo, aguardando alcançar fervura. Desligue o fogo e deixe a solução descansar abafada por um período de, aproximadamente, dez minutos. Em seguida, coe e consuma. A dose indicada e de duas a três xícaras ao dia.

Para contusões, feridas e machucaduras, amasse as folhas e raízes frescas e aplique nas regiões afetadas.

Contraindicações

O uso de chá de gervão é contraindicado para gestantes e mulheres em fase de lactação, além de pacientes com hipotensão arterial devido à sua ação vasodilatadora. Pacientes com alergia à aspirina também não devem fazer consumo desse medicamento natural. É importante que antes de consumir qualquer medicamento natural você consulte um médico especialista.