Chá de hipérico contra a depressão

Por Stefanie Mouret em Plantas

Embora a humanidade seja afligida por muitos males, cientistas, médicos e populares são quase unânimes ao afirmar que o mal do século é a depressão. Nunca antes na história encontraram-se tantas pessoas infelizes com suas vidas e com a perspectiva de mundo, com o rumo da sociedade e além de tão altos índices de tentativas de suicídios – e os de fato concretizados. Não se deve generalizar e aplicar uma única causa para a depressão de todos, pois cada ser humano é único e possui seus pontos fortes e fracos, mas se pode encontrar um meio de auxiliar o tratamento da depressão e aliviar os sintomas, em conjunto com os medicamentos farmacêuticos e acompanhamento psiquiátrico. A medicina natural é uma excelente opção nesse caso, pois seus efeitos colaterais e contra indicações comumente são mínimos. Além de ser utilizado na criação de remédios homeopáticos e ser indicado como um fitoterápico, na Alemanha é hipérico costuma ser entre oito e dez vezes mais prescrito para o tratamento contra a depressão e distimia leve ou moderada do que Prozac (antidepressivo farmacêutico mais utilizado mundialmente). Nacionalmente, em algumas regiões a planta é popularmente conhecida como Erva de São João, embora outras plantas também sejam conhecidas por esse nome, o que não raro gera algum mal entendido.

Hipérico

Foto: Reprodução

Benefícios e indicações

O hipérico é considerado um ansiolítico, por isso atua sobre a melatonina e, consequentemente, melhora o sono, sendo indicado para pessoas que sofrem de insônia ou sonos inquietos. Alivia e reduz a ansiedade, o cansaço e o estresse, além de melhorar a libido, elevando o desejo sexual. Com tantos benefícios, o deprimido ganha qualidade de vida e confiança, tratando sua doença em longo prazo e reduzindo significativamente seus sintomas.

Ainda, o hipérico é indicado para auxiliar no tratamento de úlceras, infecções e doenças causadas por bactérias e vírus de ampla gama. Atua também como acelerador de processos cicatrizantes, sendo receitado para inflamações e feridas.

Propriedades

As mais conhecidas e importantes propriedades do hipérico são: antidepressivo; antimicrobiano; antiviral; antiulcerogênico; cicatrizante e calmante.

Efeitos colaterais

Por ser receitado em doses pequenas, os relatos de efeitos colaterais são mínimos. Pode ocorrer eritema (o aparecimento de manchas vermelhas) em pessoas de pele muito clara que se exponham ao sol em horário de maior incidência de raios ultravioletas – entre as 10h e 16h.

O que esperar?

Engana-se quem imagina que, ao ingerir o hipérico, instantaneamente todos os sintomas da depressão ou outras doenças desaparecerão ou serão curados. Assim como medicações farmacêuticas e químicas, os resultados devem iniciar para aparecer em torno de duas semanas após o início do tratamento, pois é o período mínimo que o cérebro leva para assimilar as substâncias que tentam impregná-lo.

Como preparar?

Apenas um médico responsável por sua saúde cerebral deve lhe receitar hipérico, independente de sua dose. Lembre-se que mesmo sendo natural, o tratamento é medicamentoso e necessita de acompanhamento e orientação médica. Após obter o receituário médico, leve ao fogo meio litro de água juntamente com uma colher de chá de hipérico. Deixe ferver, então abafe e aguarde até que a temperatura esteja agradável para consumo. Coe e beba entre uma e duas xícaras por dia, de acordo com a indicação médica.