Chá de hortelã-pimenta: o excelente anti-inflamatório e expectorante

Por Katharyne Bezerra em Saúde

Hortelã-pimenta também é conhecida por hortelã-das-cozinhas ou hortelã-pimenta-bastarda. Porém, o que importa mesmo são os benefícios proporcionados à saúde humana. Através de suas várias propriedades, o chá feito com essa erva consegue melhorar os processos de digestão, eliminar as dores e ainda trabalhar em prol da estética, uma vez que elimina as impurezas da pele.

Benefícios da infusão

Esta erva possui diversas propriedades, características que fazem desta planta um excelente remédio natural para tratar diversas enfermidades. Entre essas peculiaridades estão: antibacteriana, antisséptica, digestiva, anti-inflamatória, anticonvulsiva, redutora de gases, antiviral, descongestionante, antioxidante, tônica, expectorante, analgésica, tônica e estimulante da bílis.

Desta forma, a hortelã trata problemas digestivos e intestinais, pois acalma o estômago e previne náuseas, vômitos e até gastrite; possui ação benéfica no que se refere a eliminação de impurezas e problemas na pele; e também é um ótimo agente para eliminar gases, uma vez que facilita o funcionamento do intestino.

Além disso, se tomado em quantidades corretas, o chá desta planta acaba com as dores musculares, nervosas, reumáticas e é capaz de aliviar dores de cabeça e enxaquecas. Outros problemas que podem ser tratados com essa bebida, são os respiratórios, inchaços, ferimentos na boca e até mesmo o mau hálito.

Chá de hortelã-pimenta: o excelente anti-inflamatório e expectorante

Foto: Reprodução/ internet

Preparando o chá de hortelã-pimenta

As folhas para fazer o chá dessa erva podem ser em natura e podem ser secas, frescas e picadas. Outra opção é o sachê de hortelã. Ambas as alternativas podem ser encontradas em mercados, lojas de produtos naturais e, principalmente, feiras livres. A dica é comprar em natura e fazer uma plantação em casa mesmo, pois esta é uma planta adaptável e que não requer tantos cuidados para se desenvolver.

Para fazer a infusão de hortelã-pimenta e garantir os resultados desejados, é necessário usar duas ou três colheres das folhas desta erva em uma xícara de água quente. Tampe o recipiente e espere por aproximadamente 10 minutos. A dica é tomar essa bebida de três a quatro vezes por dia, principalmente entre as refeições. Siga o tratamento até obter a melhora do problema, depois pare o consumo. Vale ressaltar que os benefícios só são obtidos se o chá for consumido fresco, então não adianta guardar de um dia para reaproveitar no outro.

Contraindicações e efeitos colaterais

Crianças menores de 5 anos, mamães em período de lactação e mulheres grávidas não devem fazer uso do chá de hortelã. No primeiro caso fica proibido o consumo devido a natureza forte que esta bebida possui, não sendo benéfica para a saúde dos pequenos. Já com relação as duas últimas situações, o uso da infusão fica restrita, pois diminui o leite materno, portanto, não é saudável nem para a mulher e muito menos para o bebê.

Além disso, o consumo dessa bebida deve ser controlado, tendo em vista que o excesso dela pode causar malefícios à saúde do paciente. Desta forma, ao invés de ajudar no tratamento, a resposta obtida será de piora da doença. Sendo assim, siga as orientações já mencionadas de quantidade ingerida e evite outros problemas como alergias na pele e irritações no estômago.