Chá de jambolão – Benefícios e propriedades

Por Natália Petrin em Frutas

O jambolão, também conhecido como jamelão, guapê, brinco de viúva, azeitona preta e outros nomes, é um fruto muito popular no Brasil. A árvore, originária do Sul da Ásia e de regiões australianas, pertence à mesma família da pitanga e da goiaba. De nome científico Syzygium Cumini Lamarck, a planta pode chegar aos 10 metros de altura em sua maturidade e produz frutos com um formato semelhante ao das azeitonas. Estes ficam com uma coloração roxa quando estão maduros, prontos para serem consumidos.

Benefícios e propriedades do jambolão

O jambolão possui propriedades adstringente, antioxidante, antifúngica, antibacteriana, antiviral, antialérgica, anti-inflamatória, diurética e controladora da glicose no sangue e na urina. Este alimento pode ser usado, consequentemente, por diabéticos no controle do açúcar e, além disso, para acabar com as células leucêmicas. O consumo constante do jambolão pode ajudar ainda a evitar problemas vasculares, doenças crônicas, formação de tumores cancerígenos e o envelhecimento precoce das células do corpo. Além disso, o chá de jambolão pode ser usado para tratamento de prisão de ventre, disfunções nervosas, gases, problemas do pâncreas e do estômago, entre outros benefícios.

Como consumir?

Chá de jambolão - Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

O fruto deve ser consumido in natura para conseguir aproveitar todas as suas propriedades. No entanto, o chá feito com as sementes carrega também todos esses benefícios.

Além disso, o produto já pode ser encontrado como doce, vinhos, geleias e tortas, mas é preciso tomar muito cuidado, pois todos esses alimentos preparados retiram as propriedades da fruta e ainda possuem muitos açúcares.

Como preparar o chá?

O chá de jambolão tem se tornado muito comum para tratamentos dos problemas mencionados no tópico dos benefícios e propriedades do jambolão, além de auxiliar no tratamento de diarreia.

Para preparar, você deve usar a proporção de duas colheres de chá das sementes para cada caneca de água. Em um recipiente, coloque as sementes, amasse bem e reserve. Em outro recipiente, coloque a água e leve ao fogo até alcançar fervura. Coloque a água por cima das sementes e então tampe deixando a mistura descansar por um período de aproximadamente dez minutos e consuma em seguida sem adoçar. A dose indicada é de três xícaras ao dia.

Contraindicações e efeitos colaterais

O consumo do chá não deve ser feito sem orientação médica. Quando usado nas doses indicadas por um profissional, não existem contraindicações. Não foram encontrados efeitos colaterais nos materiais consultados.

ATENÇÃO: O chá deve ser feito sempre nas medidas indicadas, pois é forte e pode causar intoxicação caso não seja feito com indicação médica e nas medidas certas.