Chá de jatobá – Benefícios e propriedades

Por Stefanie Mouret em Plantas

A árvore jatobá – cujo nome científico é Hymenaea courbaril – é originalmente brasileira, e pode ser encontrada em quase todos os estados do país, seja no Amazonas ou em São Paulo. O tronco da árvore é muito forte e bem desenvolvido, e juntamente com seus ramos liberam grande quantidade de seiva. Suas flores nascem na forma de cachos, nas pontas dos ramos, e são delicadamente esbranquiçadas. Como dito, é uma árvore comum em todo o Brasil, assim a jatobá pode ser chamada por diversos nomes populares, de acordo com a região, entre eles jataí, farinheira, jassaí, jupiti, jetaí, jatel, jataúba, jataici, azucar, guapinol, árvore copal do Brasil, imbiúva, jatabá-trapuca, jataíba, algaborro, entre outros. Além de ser uma bela árvore, também é conhecida por possuir importantes propriedades medicinais ao organismo humano.

Chá de jatobá – Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

Propriedades

Há muitas décadas atrás a árvore jatobá é utilizada como alimento através de seus frutos, além dos fins medicinais. Entre suas principais propriedades estão:

  • Adstringente;
  • Antibacteriana;
  • Antiespasmódica;
  • Antifúngica,
  • Anti-inflamatória;
  • Antioxidante;
  • Aperiente;
  • Balsâmico;
  • Descongestionante;
  • Diurética;
  • Estimulante;
  • Estomáquica;
  • Expectorante;
  • Fortificante;
  • Hepatoprotetora;
  • Laxativa;
  • Peitoral;
  • Tônica;
  • Vermífuga.

Benefícios e indicações

As utilidades mais conhecidas da árvore jatobá são para o tratamento de males respiratórios ou gastrintestinais. Quem sofre de asma, bronquite, rinite e outros problemas respiratórios; ou ainda de úlceras, gastrite, azia regular e demais problemas gastrintestinais podem beneficiar-se grandemente ao incluir a jatobá em seu tratamento.

Por ser diurética, também é fortemente indicada para cistites, infecções urinárias e cálculos renais. O consumo regular da jatobá estimula a eliminação de líquidos, provocando uma espécie de “limpeza” não apenas no organismo, mas principalmente nos rins e trato urinário. Ainda, outro grande benefício dessa propriedade é que, ao eliminar o excesso de líquidos, o corpo desincha e perde alguns quilos extras.

Outras indicações para o consumo da árvore jatobá são: blenorragia, cólicas, fraqueza pulmonar, hemorragias, úlceras bocais, disenteria, escarro de sangue e dispepsia.

Modo de preparo

Em farmácias e lojas de produtos naturais poderá encontrar as cascas da jatobá trituradas e prontas para o preparo de seu chá. Leve ao fogo um litro de água, juntamente com duas colheres de sopa das cascas da árvore. Deixe ferver por 10 minutos, então abafe o recipiente, desligue o fogo e aguarde amornar. Quando a temperatura estiver adequada para consumo, coe e beba o chá duas vezes por dia.