Chá de kawa kawa – Benefícios e propriedades

Por Débora Silva em Plantas

A kawa kawa, de nome científico Piper methysticum, é uma planta originária das ilhas da Oceania (Polinésia, Indonésia e Melanésia), também conhecida por outras denominações como cava cava, awa-irai, kawa e outras.

Trata-se de uma planta bastante utilizada e consumida na forma de um “leite” extraído de seu rizoma, e contribui muito com a economia e com a vida social das ilhas do Pacífico. A kawa kawa possui várias propriedades medicinais bastante eficientes e, por ser de fácil cultivo, pode ser plantada no jardim de casa, assim como outras ervas medicinais.

As propriedades medicinais da kawa kawa

A propriedade medicinal mais comum da kawa kawa é a de calmante e/ou sedativo, devido à presença do Waka, um relaxante ósseo e muscular que acalma todo o sistema nervoso central. Dentre as propriedades medicinais desta planta, podemos destacar as seguintes:

  • Ansiolítica;
  • Espasmolítica;
  • Calmante;
  • Anticonvulsionante;
  • Analgésica;
  • Antisséptica;
  • Sedativa;
  • Tranquilizante.

Os benefícios e as indicações de uso

A planta kawa kawa é indicada para o tratamento da ansiedade (transtorno de ansiedade generalizado), estresse, distúrbios do sono (insônia), epilepsia, menopausa, síndromes pré-menstruais e artrite, além de atuar como relaxante muscular.

A planta é excelente no tratamento da insônia, pois melhora a qualidade do sono, com  o aumento das fases de sono profundo e tende a diminuir a fase do adormecimento e do sono leve.

Chá de kawa kawa - Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

Como preparar o chá de kawa kawa?

Primeiramente, separe a raiz ou o caule cortados, moídos, secos ou frescos, dependendo de sua preferência. O mais indicado é em forma de pó, porque absorve diretamente na água.

Acrescente duas colheres de sopa da kawa kawa em pó em um pano de coar café ou um filtro parecido. Depois, mergulhe esse filtro em uma xícara de chá completa de água fria, deixando a água absorver todo o pó. Após isto, retire o filtro. A indicação de consumo deste chá é de no máximo três vezes ao dia.

Precauções e contraindicações

É necessário ter muita atenção com a dosagem correta da planta, pois, em excesso, pode causar algum distúrbio por movimentar todo o sistema nervoso central. O uso da planta é contraindicado durante a gravidez, aleitamento, depressão e doenças no fígado. Lembre-se sempre da importância de consultar um médico antes de iniciar qualquer tipo de tratamento.