Chá de malva – Benefícios e propriedades

Por Stefanie Mouret em Plantas

Pertencente à família Malvaceae, a planta malva possui o nome científico Malva sylvestris. Suas flores pedem medir entre 0,5 a5 cm, com pétalas brancas ou rosas; suas folhas são palmadas e alternadas. Originária da Europa, a planta malva foi disseminada primeiramente para locais tropicais e temperados da Ásia e África, posteriormente sendo conhecida em muitos países, como o Brasil. Inicialmente era muito utilizada para fins ornamentais, como o enfeite de jardins, residências e comércios, pois a beleza de suas flores chamava a atenção de terceiros. Com o passar do tempo, porém, descobriu-se que além de ser utilizada para fins decorativos, a planta malva também poderia ser consumida e, ainda, propiciar diversos benefícios ao organismo humano.

Chá de malva - Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

Constituintes e propriedades

Para compreender o que faz a malva ser tão benéfica, considere que ela possui vitaminas A, B1, B2 e C, flavonoides, mucilagem e carotenos. Assim, entre suas maiores propriedades, a malva é antioxidante, importante para combater os radicais livres, o envelhecimento precoce e o aparecimento de sinais de idade; adstringente, responsável por manter o organismo em constante cicatrização, evitando infecções e outros males; diurética, propriedade que faz o organismo aumentar a quantidade de urina eliminada, o que reduz e evita cistites e infecções do trato urinário, além de proporcionar uma “limpeza” ao organismo por eliminar toxinas e bactérias e, ainda, reduzindo o inchaço causado pela retenção de líquido; expectorante, fundamental para o tratamento de doenças respiratórias e pulmonares, combatendo e prevenindo gripes, tosses e resfriados; laxante, propriedade que estimula o bom funcionamento do intestino, também eliminando bactérias e toxinas; emoliente, calmante da pele e tecido, age como anti-inflamatório e é indicada em casos de úlceras e gastrites.

Benefícios e indicações

Embora suas propriedades medicinais já deixem subentendidas as diversas utilidades do consumo da planta malva, devemos frisar que ela possui outros benefícios específicos, como: auxiliar no tratamento – ou mesmo curar – catarros, bronquites, tosses e faringites; infecções de laringe e garganta; e auxiliar no processo cicatrizante de aftas.

Preparo do chá de malva

Lave bem a quantia equivalente a duas colheres de sopa de folhas de malva. Em seguida, pique-as em pequenos pedaços e coloque numa chaleira. Adicione a quantidade equivalente a uma xícara e meia de água filtrada. Deixe ferver por dez minutos, então abafe e aguarde amornar. Com o chá morno, o coe, adoce e beba, repetindo o procedimento duas vezes por dia.

Atenção

Qualquer tratamento medicamentoso – seja ele natural ou não – requer orientação médica. Assim, busque o auxílio de um especialista antes, durante e depois do tratamento. Em caso de reações indesejadas, suspenda o uso e relate o ocorrido imediatamente ao médico.