Chá de mangabeira e seus benefícios para o coração

Por Natália Petrin em Plantas

Pertencente à família Apocynaceae, a mangaba é uma árvore de grande ocorrência nos estados do Cerrado, Caatinga e litoral nordestino. A árvore pode chegar aos dez metros de altura, possui tronco áspero, ramos lisos e avermelhados. De origem indígena, seu nome significa “coisa boa de comer”.

Chá de mangabeira e seus benefícios para o coração

Foto: Reprodução

Também conhecida como mangaba-ovo, o fruto da mangabeira tem coloração avermelhada e pode ser usado como matéria prima na fabricação de sucos, sorvetes, doces e bebidas vinosas. Seu látex produz uma borracha rosada e, apesar de a planta ser nativa do Brasil, pode ser encontrada facilmente no Paraguai e leste do Peru. Com galhos pequenos, a mangabeira produz flores perfumadas e de coloração clara, semelhantes ao jasmim.

Indicações e propriedades

A planta é indicada para casos de doenças graves e possui muitos benefícios no combate à pressão alta. O chá é muito indicado para tratamento de colesterol alto e diabetes e possui propriedades inibidoras da produção de substâncias responsáveis pesa hipertensão. Os três princípios ativos da mangabeira, agindo em conjunto, podem ser até dez vezes mais eficazes que o captopril no tratamento da pressão alta.

Seu uso é aplicado ainda em problemas ósseos, fraturas, problemas estomacais, obstruções do fígado e do baço, tuberculose pulmonar, úlceras e corrupções pustulosas. Rica em vitaminas A, B1, B2, C e ferro, o chá de folha de mangaba pode ser usado ainda para tratamento de gripes, problemas renais e cólicas menstruais. O fruto, quando consumido in natura, é eficaz no combate à diabetes e colesterol alto, e sua casca pode ser usada para curar icterícia e problemas do fígado.

Modo de preparo do chá

Para preparar o chá, use a proporção de duas colheres de sopa das folhas e dos pedaços de tronco para cada meio litro de água. Coloque as folhas e a água em um recipiente e leve ao fogo. Assim que a mistura alcançar fervura, desligue, tampe e deixe descansar por aproximadamente dez minutos. Coe e consuma em seguida. A dosagem indicada média é de uma a três xícaras de chá ao dia.

Precauções e contraindicações

Apesar de seus benefícios, a mangabeira pode fazer mal para pacientes hipertensos, caso não seja administrado na dose certa. É preciso que, antes de consumir, você consulte um médico para obter a dosagem correta para o seu caso. O fruto não pode ser consumido quando estiver verde.