Chá de manjericão – Benefícios e propriedades

Por Natália Petrin em Plantas

Ocimum basilicum. Esse é o nome do manjericão, também conhecido como manjericão doce, uma erva normalmente usada como tempero, principalmente associada ao consumo de massas. A planta, originária da Índia é considerada pelos indianos como sagrada e auxilia no crescimento espiritual promovendo o equilíbrio e o relaxamento. Para os gregos e romanos, era vista como uma planta que tinha poderes de reconciliação, além de afastar moscas e simbolizar boas-vindas quando plantada na entrada da casa.

A planta apresenta aproximadamente 150 variedades e todas elas apresentam propriedades bastante semelhantes. Com até 45 centímetros de altura e 30 de amplitude, a planta é facilmente cultivada em qualquer lugar do mundo em vasos ou hortas.

Benefícios e propriedades

A cada 100g, contém apenas 20 calorias, sendo um alimento bastante leve. Seu aroma bastante característico possui ação calmante graças aos óleos essenciais responsáveis por ele.

Fonte de fibra diabética, água e proteínas, o manjericão ainda é rico em vitaminas A, B, C, E e K, além de minerais como o cálcio, zinco, manganês, magnésio, ferro e potássio.

É um excelente antibacteriano e auxilia ainda na saúde do coração. Graças à presença de magnésio, pode ser usado para melhorar a circulação sanguínea. Por atuar como antioxidante, ajuda a controlar os níveis de colesterol e protege contra a ação dos radicais livres, prevenindo o envelhecimento precoce. Ajuda também a prevenir a formação de placas e acúmulo de gordura nas paredes das artérias.

Chá de manjericão - Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

Pode ser usado ainda como um fortalecedor do sistema imunológico, sendo excelente para resfriados, gripes, dores de garganta, congestão e tosse. Estudos indicam que atua também inibindo o câncer, graças aos antioxidantes que restringem o crescimento das células cancerosas.

O manjericão atua ainda na melhoria da memória e no fortalecimento do sistema nervoso, além de aliviar o estresse e tratar picadas de insetos, cortes e feridas – sendo aplicado diretamente na pele. Sua aplicação é benéfica também em casos de vertigens, gases intestinais, afecções do fígado, espasmos gástricos, dores menstruais, insônia e até mesmo depressão.

Como preparar o chá?

Para preparar o chá de manjericão, você vai precisar de:

– Aproximadamente 10 folhas de manjericão
– 1 litro de água

Em um recipiente, leve a água ao fogo. Aguarde até que alcance o ponto de ebulição e então desligue. Adicione as folhas lavadas e higienizadas de manjericão e então tampe. Deixe descansar por um período de, aproximadamente, dez minutos – ou até amornar – e então coe e consuma.

Como usar na culinária?

O manjericão apresenta os mesmos benefícios quando usado como tempero de alimentos. Pode ser usado para preparar diversos pratos como molhos, massas, pães, saladas, sopas, sanduíches, queijos, doces, sucos, entre outros.

É importante, no entanto, que, para preservar suas propriedades e compostos, além de manter o aroma e o sabor acentuado, o manjericão seja acrescentado às receitas somente no último passo de seu preparo.

Contraindicações e precauções

O manjericão não apresenta contraindicações nem restrições de uso encontrados na literatura consultada. Em caso de dúvidas, procure um médico.