Chá de melão de são caetano – Benefícios e propriedades

Por Natália Petrin em Plantas

Pertencente à família dos Cucurbitaceae, o melão de são caetano é uma planta trepadeira pantropical proveniente do leste indiano e do sul da China. Seu nome científico é Momordica charantia L., e no Brasil o seu tipo selvagem é considerado uma erva daninha que aparece frequentemente em pomares, hortas, cercas, alambrados, cafezais e terrenos baldios. Também conhecida como fruto de cobra, erva de são caetano, erva das lavadeiras e melãozinho, a planta possui um cheiro desagradável e flores amarelo-pálidas, ou de coloração branca que aparecem em cachos ou corimbos. Seu fruto abre-se em três válvulas espinhosas em cor-de-ouro com sementes no interior.

Pode ser facilmente encontrada em áreas tropicais da Amazônia, Caribe, Ásia e África, além de aparecer em quase todo o Brasil. Ela vem sendo amplamente utilizada para fins medicinais pelas tribos do amazonas, e seu nome “erva das lavadeiras” é proveniente de seu uso para clarear a roupa e tirar manchas delas.

Benefícios e propriedades

A planta melão de são caetano tem seu uso indicado no tratamento de inflamações hepáticas, dores articulares, diabetes, eczemas, cólicas abdominais, edemas inflamatórios, problemas de pele, faringites, queimaduras com leucorréias purulentas, gripes, furúnculos, hemorroidas, febres intermitentes, prisão de ventre, tosse, catarro amarelo, irritação vaginal, menstruação e TPM, picadas de inseto, úlceras, dores de ouvido e dores reumáticas.

Seus benefícios são possíveis devido às suas propriedades que envolvem a sua ação como purgativo, vermífugo, antiparasitário, antileucorreico, bactericida, hipoglicemiante, antileucêmico, anticancerígeno, antitumoral, anti-inflamatório, afrodisíaco, antimicótico, cicatrizante, depurativo do sangue, adstringente, anticatarral, antirreumático e antiviral.

Chá de melão de são caetano - Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

Modo de preparo

Em um recipiente, coloque 1 litro de água e leve ao fogo. Em seguida adicione 2 colheres de sopa da erva melão de são caetano e deixe ferver. Quando começar a ferver, desligue o fogo e tampe, deixando o chá abafado por aproximadamente dez minutos. Em seguida, você pode coar e consumir. A dose máxima indicada é de duas a três xícaras de chá por dia.

Contraindicações e efeitos colaterais

O consumo não é indicado para pacientes gestantes ou em fase de lactação, além de crianças. É contraindicada ainda para aqueles que querem ter filhos, diabéticos e portadores de diarreia crônica.

Atenção, as sementes possuem compostos tóxicos e, portanto, não devem ser consumidas em grandes quantidades. Pode causar queda drástica da glicose sanguínea, aborto e pode ter ação teratogênica.

Quando em excesso, pode causar vômito e diarreia e, de acordo com algumas fontes, apenas meia colherada do sumo do fruto maduro pode causar a morte de um bezerro grande em menos de um dia.

Não deve ser consumida em conjunto com clorpropamida, drogas antidiabéticas e drogas redutoras do colesterol, pois potencializa seus efeitos.