Chá de mirra – Benefícios e propriedades

Por Natália Petrin em Plantas

A mirra é uma planta pertencente à família das Chenopodiaceae, e também é bastante conhecida como mirra arábica, incenso e mirra verdadeira. Trata-se de um arbusto espinhento que pode chegar até 3 metros de altura, e é comum na Arábia e no nordeste da África.

De nome científico Commiphora myrrha, a planta possui folhas escassas, terminas e trifoliadas, contendo alguns folíolos laterais pequenos e dentados nas pontas. O fruto é marrom, oval e possui 7 mm de comprimento, sendo uma planta oleosa com sabor amargo e ácido, mas um cheiro bastante característico.

O nome é muito conhecido devido à presença da mirra entre os presentes dos três Reis Magos à Jesus, que foram ouro, incenso e mirra. A planta era também usada na mumificação no Antigo Egito e é mundialmente conhecida por seus benefícios.

Benefícios e propriedades

As partes usadas para fins medicinais são as resinas que são extraídas quando a planta é cortada. Possui propriedades anti-inflamatória, antisséptica, estimulante, analgésica e aromática.

Seu uso é indicado no tratamento de entorses, contusões e torcicolo, além de nevralgia, dores de garganta, inflamações da gengiva, ferimentos da boca, mau hálito, dentes moles, acne, pele envelhecida, desodorante corporal, inflamações da pele e úlceras, além de ser um excelente repelente de insetos natural.

Chá de mirra - Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

Como usar?

Atenção: o uso de mirra deve ser feito apenas externamente.

Em um recipiente, coloque uma xícara de água para ferver. Em seguida, adicione uma colher de chá do pó de mirra em uma xícara e reserve. Quando a água ferver, jogue por cima da mirra e tampe, deixando descansar por aproximadamente 10 minutos. Em seguida, para cada uso, aplique de forma diferente:

  • Contusões e dores musculares, além de alergias da pele, ulceras, acne, pele envelhecida entre outros: usar para umedecer um pano e fazer compressa.
  • Inflamações da boca, gengivite, faringite, amigdalite e dente mole: usar para fazer bochechos duas vezes ao dia.
  • Como óleo e aromatizante, pode ser usada para meditação.
  • Pode ser aplicada em todo o corpo na forma de repelente natural.

Contraindicações e precauções

O uso de mirra pode interferir no tratamento para o diabetes, pois possui propriedades hipoglicemiantes documentadas. Por isso é preciso ter uso acompanhado por profissional competente e monitoramento contínuo da glicemia.

Seu uso é contraindicado para pacientes gestantes ou em fase de lactação.