Chá de pitanga é eficiente para combater diabetes e colesterol

Por Katharyne Bezerra em Plantas, Saúde

Eugenia uniflora, esse é o nome científico da pitangueira, planta que possui propriedades medicinais capazes de tratar problemas de saúde. Por conter certas substâncias, o chá das folhas desta frutífera pode controlar diabetes, colesterol e até mesmo os quilos a mais que incomodam a dieta de muitas pessoas. Neste artigo, você descobre todos os efeitos benéficos desta planta, como preparar o chá e quais os cuidados que precisam ser tomados ao consumi-lo.

Benefícios desta bebida

A pitanga é uma fruta muito conhecida pelas altas taxas de vitaminas que ela possui em sua composição. E, mesmo que o chá não seja preparado com o fruto da pitangueira, essa bebida é capaz de tratar diversos problemas de saúde que afetam o organismo. Assim, pode-se dizer que essa capacidade decorre de suas ações anti-inflamatória natural, laxativa e calmante. Isso sem contar com a presença de flavonoides, os quais atuam no fortalecimento das defesas do corpo.

Assim, o chá de pitanga é indicado para sanar doenças do fígado, diarreia e cólica menstrual. Controla diabetes, colesterol e reumatismo. Além disso, pode ser utilizado no tratamento de asma, bronquite e dores de garganta. Como provoca um efeito relaxante, pode ser capaz de ajudar as pessoas que querem emagrecer, pois diminuem a ansiedade e a compulsão por alimentos. Rica em vitamina A, a bebida feita com as folhas da pitangueira combate o envelhecimento precoce das células e também casos de câncer.

Chá de pitanga é eficiente para combater diabetes e colesterol

Foto: Reprodução/ internet

Como preparar o chá de pitanga?

O primeiro passo é escolher as melhores folhas para preparar a bebida. Diferente de muitas frutas, que podem ser usadas para fazer o chá, no caso da pitanga só se utiliza as folhas da pitangueira. Para preparar esse remédio natural, separe três colheres das melhores folhas e coloque um litro de água no fogo.

Espere a água ferver e depois despeje as folhas. Em seguida, tampe o recipiente e espere a infusão por 10 minutos. O ideal é consumir até três xícaras da bebida por dia, de preferência entre as principais refeições, como o café da manhã, almoço e janta. Não ultrapasse a quantidade indicada, para não correr o risco de colocar a saúde em risco.

Precauções no consumo

Todo remédio, seja ele natural ou industrializado, precisa de certo controle ao ser ingerido. No caso do chá de pitanga não é diferente. Por ser uma bebida com ação diurética, precisa ter as doses corretas respeitadas, caso contrário, pode prejudicar o funcionamento saudável do organismo. Além disso, o chá pode interferir na quantidade de potássio no corpo, provocando, consequentemente, problemas na frequência cardíaca.

Outro cuidado todo especial que os consumidores precisam ter é no momento de escolher as melhores folhas para compor o chá. Assim, busque comprar em lojas especializadas, que podem ser facilmente encontradas na internet. Algumas feiras livres também comercializam esse tipo de erva, busque se informar na sua cidade.