Chá de rooibos – Benefícios e propriedades

Por Natália Petrin em Plantas

O chá de rooibos tem se tornado cada dia mais popular ao redor do mundo devido às suas propriedades semelhantes – em alguns dos efeitos – às do chá vermelho. A infusão possui uma coloração avermelhada, sabor suave e doce e é feita com as folhas de um arbusto muito cultivado na África do Sul. O rooibos, arbusto usado para fazer o chá, é uma planta que foi muito usada durante séculos pelas tribos da África do Sul para preparar a bebida quente que trazia muitos benefícios à saúde.

Benefícios e propriedades

Alguns estudos indicam que o chá de rooibos possui propriedades que protegem o coração, ajudam a controlar os níveis de açúcar e colesterol ruim no sangue, além de combater e prevenir a infertilidade e outros males que estão relacionados à ansiedade. Possui ação desintoxicante e, por isso, é muito usada por quem busca a perda de peso. Rica em antioxidantes, a planta possui um efeito detox, propriedades antialérgicas, entre outros benefícios. Ajuda no tratamento de irritabilidade, insônia, dores de cabeça, cólicas, dores de estômago – principalmente de origem nervosa – e, devido aos antioxidantes, combate ainda a formação de tumores e o envelhecimento precoce da pele.

Chá de rooibos - Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

Rica em ferro, potássio, cálcio, magnésio e zinco, além de seu efeito antioxidante, a planta é usada como uma bebida isotônica por atletas, pois ajuda a repor os sais minerais eliminados durante a prática de exercícios físicos. O chá pode ser usado ainda para manter a saúde dos ossos e dos dentes, amenizar problemas de pele, entre muitos outros benefícios que estão sendo estudados.

Como preparar e consumir o chá de rooibos?

Para o preparo do chá é preciso, antes, adquirir o chá em saquinhos ou ainda as ervas. Por possuir sabor adocicado, não precisa ser adoçado, trazendo ainda mais benefícios.

Use a proporção de 10g de erva para cada litro de água. Em um recipiente, leve a água ao fogo. Quando estiver fervendo, coloque a erva e então apague o fogo e abafe a mistura. Deixe descansar por um período de aproximadamente 10 minutos, permitindo que a água absorva todos os sabores e propriedades da erva medicinal.

A bebida pode ser consumida gelada em dias quentes como um refresco, ou ainda quente em dias mais frios, como uma forma de, além de nutrir-se, esquentar-se. O chá pode ser preparado ainda com limão e mel, que o deixarão ainda mais saboroso.

Consuma uma dose de, aproximadamente, três xícaras por dia.

Contraindicações e precauções

Ao contrário do chá vermelho – esse contraindicado para hipertensos e gestantes, além de reduzir a absorção de ferro – não encontramos contraindicações para o chá de rooibos na literatura consultada. É importante, sempre, no entanto, consultar um médico antes de consumir qualquer tipo de medicamento natural ou não.