Chá de rosa-rubra – Benefícios e propriedades

Por Natália Petrin em Plantas

De nome científico Rosa gallica, a rosa-rubra é um pequeno arbusto com folhas que, geralmente, possuem cinco folíolos ovados ou orbiculados, além de flores grandes, de coloração vermelha. Da família das rosáceas, a planta medicinal é nativa da Europa e da Ásia, normalmente é cultivada não só como planta medicinal, mas também como ornamental. Conhecida popularmente como rosa francesa, rosa vermelha, roseira francesa e roseira rubra, a planta conta com muitos benefícios para a saúde.

Os benefícios e propriedades

Das flores da planta rosa-rubra, pode ser feito um chá indicado para tratar, com uso interno, resfriados, bronquite, gastrite, afecções da garganta e da boca, atonia digestiva, diarreia e depressão, além de ser um excelente antisséptico bucal. Quando usada externamente, é eficaz no tratamento de infecções oculares, dores de garganta, feridas leves e problemas de pele. Seu uso na pele ajuda a fechar os poros, além de clarear manchas, tonificar e refrescar a pele.

Chá de rosa-rubra - Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

Entre seus princípios ativos, encontramos taninos, óleos essenciais (como citronelol, geraniol, nerol fenil-etanol, linalool e citral), hipantos, carotenos, pectina, D-sorbitol, Vitamina C, ácidos málico e cítrico, antocianinas, geras e princípios amargos.

Formas de consumo

Usados na perfumaria, cosmética e culinária, os benefícios da rosa-rubra podem ser aproveitados de muitas formas distintas. Seu consumo pode ser feito na forma de aromatizante para bolos, além de ingrediente para molhos de peixes e caças, e no preparo de sobremesas e confeitos. As rosas, no século XIX, foram usadas como corantes, molhos, confeitos, conservas, óleos e aromatizantes em chás. Confira a seguir a receita do chá de rosa-rubra. Essa é uma das espécies, no entanto, mais cultivadas para ser usada como ingrediente de perfumes, e também para seu uso medicinal. Dela, pode ser feito a água de rosas, o xarope de rosas e também o mel.

Chá de rosa-rubra, como preparar?

Para preparar o chá, você vai precisar de:

  • 3 colheres de sopa de erva
  • 500 ml de água

Em um recipiente, coloque a água e a erva, e em seguida leve ao fogo. Quando a mistura alcançar fervura, desligue o fogo e tampe, deixando descansar abafado por um período de, aproximadamente, dez minutos. Após esse tempo, coe a mistura e consuma uma dose entre duas e três xícaras de chá ao dia.

Contraindicações

Não foram encontradas contraindicações na literatura consultada, no entanto, sempre antes de consumir um medicamento, seja ele natural ou industrializado, peça orientação ao seu médico.