Chá de Rúcula- Benefícios e propriedades dessa planta

Por Natália Petrin em Plantas

Rúcula

Com um sabor peculiar que agrada alguns, e desagrada a outros, a rúcula possui muitos benefícios para a saúde de nosso corpo. Com coloração verde suave, a planta se desenvolve formando pequenas touceiras. Suas folhas possuem aroma e sabor fortes, e suas flores, esbranquiçadas ou amarelas, são grandes. Em seu fruto, uma pequena cápsula, estão as sementes. Seu cultivo é fácil, e o plantio é feito por meio de sementes, preferencialmente na primavera. Após quarenta dias, já é possível colher as folhas, que devem ser cortadas na base. Originária da Europa, a planta é sensível aos climas mais quentes, e pode ser colhida de duas a três vezes ao ano. Apesar de seu uso mais comum ser em saladas, a planta pode ser consumida na forma de chá.

Chá de Rúcula- Benefícios e propriedades dessa planta

Foto: Reprodução

Benefícios e princípios ativos

Os princípios ativos da rúcula são óleo essencial, vitamina C, sais minerais e pigmanetos. A planta contém vitaminas A, B, C, K, além de ferro, potássio, fósforo, magnésio, zinco, cobre e manganês. É eficaz no combate à anemia e, devido à uma substância chamada colite, facilita o processo digestivo e previne o corpo contra as inflamações do intestino. Pode ser usada para tratar gengivite, doenças respiratórias, laringites, faringites, além de poder ser usado como tônica para clareamento de manchas da pele. Por ser fonte de ômega 3, ajuda a combater o mau colesterol, além de limpar as artérias e diminuir os níveis de triglicerídeos.

Armazenamento

A rúcula deve, preferencialmente, ser consumida logo após ser colhida. No entanto, é possível armazená-la, preservando-a por alguns dias. Para isso, enrole as raízes em uma toalha de papel molhada e coloque em um saco plástico perfurado.

Como aproveitar seus benefícios?

Ao mastigar a folha, suas propriedades auxiliarão no fortalecimento das gengivas, principalmente quando feita pela manhã, após a habitual higiene. Além disso, seu consumo em salada ou chá permite tirar proveito dos benefícios.

Chá de Rúcula

Para preparar o chá, use a proporção de duas colheres de sopa para cada copo de água. Coloque a água em um recipiente e leve ao fogo. Enquanto aguarda a fervura da água, coloque as folhas em um copo, e em seguida despeje a água fervente. Deixe o copo abafado por vinte minutos e adoce com mel. A dose indicada é de duas a três colheres de sopa ao dia para adultos, e metade da dose para crianças. O chá pode ser conservado na geladeira, mas deve ser aquecido sempre antes do consumo.

Para fazer o clareamento de manchas da pele, use a mesma receita acima, adicionando o suco de meio limão. Aplique em forma de compressas sempre à noite, não esquecendo de lavar-se bem no dia seguinte antes de sair ao sol. O procedimento não deve ser feito durante o dia, uma vez que o limão reage com o sol podendo provocar queimaduras.