Chá de salgueiro branco

Por Natália Petrin em Plantas

O salgueiro branco, de nome científico Salix alba, é nativo de zonas temperadas. Suas folhas são mais claras do que as da maioria dos salgueiros, tendo por isso o branco em seu nome. A árvore pode chegar aos 30 metros de altura e possui flores que são produzidas no início da primavera. Com grande valor paisagístico, o salgueiro branco é muito fácil de ser encontrado, por isso não existem dificuldades em conseguir suas flores ou casca para seu uso medicinal.

Chá de salgueiro branco

Foto: Reprodução

Originário da Europa, Ásia e da América do Norte, o salgueiro possui diversas propriedades benéficas para tratamentos de saúde. Utilizada há muito tempo para tirar dores e reduzir febres, a casca do salgueiro branco possui salicina, substância que, em 1800, foi isolada por estudiosos e transformada em processos químicos no ácido acetilsalicílico presente nas aspirinas, muito usadas nos dias de hoje.

Propriedades medicinais e benefícios

Com propriedades sudoríferas, antipiréticas, analgésicas, antirreumáticas e antiagregantes, o uso de salgueiro branco é eficaz no tratamento de febre, dor de cabeça, reumatismo, artrite, artrose, gota, resfriado e nevralgia. Além disso, auxilia no processo de alívio de sintomas pré-menstruais, da insônia e da ansiedade – para esses fins, consulte o preparo que utiliza as flores do salgueiro branco.

Como preparar o chá?

Para preparar o chá de salgueiro branco, você deverá usar a proporção de uma colher de sopa de cascas cortadas em pedaços para cada xícara de água. Coloque a água em um recipiente e leve ao fogo. Adicione as cascas de salgueiro branco e aguarde alcançar fervura. Quando começar a ferver, deixe no fogo por mais dez minutos e em seguida desligue. Tampe a mistura e deixe esfriar. Quando estiver gelado, coe e consuma. A dose indicada é de duas a três xícaras de chá por dia.

Para o chá feito com as flores secas, use a proporção de uma colher de chá de flores para cada xícara de água. Coloque as flores secas em um recipiente e reserve. Coloque água para esquentar e, ao alcançar fervura, despeje em cima das flores. Deixe descansar tampado por dez minutos, coe e consuma em seguida. O consumo indicado é de duas a três xícaras por dia.

Efeitos colaterais e contraindicações

O consumo de salgueiro branco é contraindicado para gestantes e mulheres em fase de lactação, além de pacientes com alergia à aspirina e que tenham problemas gastrointestinais – úlceras, gastrite, refluxo, colite. Além disso, o consumo também deve ser evitado por pacientes que façam uso de medicamentos antiagregantes. Quando consumido em excesso, o salgueiro branco pode ocasionar hemorragias.