Chá de tamarindo – Benefícios e propriedades

Por Natália Petrin em Frutas

O fruto tamarindo é tropical, nativo da África do Sul, mas que pode ser facilmente cultivado em localidades tropicais e subtropicais da África, além da América do Sul, Ilhas do Caribe e Sul da Ásia.

A árvore é de grande porte, chegando a alcançar 30 metros de altura, aproximadamente, em sua fase adulta. A planta possui ainda uma folhagem volumosa, além dos galhos que são longos e caídos, devido ao seu peso. As temporadas de tamarindo dão muitos frutos, que apresentam formatos irregulares e curvos, sempre nas pontas dos galhos.

Os frutos apresentam, além do formato irregular, uma casca espessa, além de sua polpa que é pegajosa e de coloração marrom, e apresenta também entre 2 e 10 sementes duras de coloração marrom escura. Seu sabor é azedo, mas levemente adocicado.

A fruta é muito valorizada, apesar de não ser encontrada tão facilmente em quaisquer lugares, pois contém muitos nutrientes que podem ajudar a melhorar a saúde.

Chá de tamarindo - Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

Benefícios

Com compostos químicos importantes, minerais, vitaminas e fibras alimentares, a polpa do tamarindo apresenta muitos benefícios para a saúde. Isso se dá graças à fibra dietética, que aumenta os volumes intestinais auxiliando na prevenção à prisão de ventre e na eliminação do colesterol ruim, além do ácido tartárico, que atua como um poderoso antioxidante, combatendo os radicais livres.

Estão presentes ainda na polpa dessa fruta alguns fitoquímicos voláteis como limoneno, geraniol, safrol, ácido cinâmico, salicilato de metilo, pirazina e alkylthiazoles que, juntos, são responsáveis por muitos dos benefícios.

A infusão feita com as folhas pode ser usada para melhorar as funções biliares e hepáticas, além das afecções febris. Pode ser usada ainda para aliviar prisão de ventre e dores provenientes da artrite.

Possui propriedades laxante, colerética, refrescante, colagoga, tonificante, anti-helmíntica e vermífuga.

Como fazer o chá?

Para preparar o chá, use a proporção de uma colher de sopa para cada xícara de água. Em um recipiente, coloque a água e leve ao fogo. Quando começar a ferver, desligue e jogue por cima das folhas em uma xícara. Mantenha tampada a mistura para descansar e, passados aproximadamente 15 minutos, coe e consuma.

Contraindicações

Apesar de não existirem registros de uso durante a gestação e amamentação, recomenda-se sempre consultar um médico antes do consumo. A planta possui interação medicamentosa com outros medicamentos e plantas, por isso é essencial consultar um médico sempre antes de começar a fazer tratamentos com medicamentos naturais ou industrializados.