Chá de zimbro – Benefícios e propriedades

Por Stefanie Mouret em Plantas

Originária da Europa, a planta zimbro possui o nome científico Juniperus communis. Pertencente à família Cupressaceae, zimbro pode ser identificada por suas flores delicadas em tom amarelado, e pelas pontiagudas folhas de seus arbustos. Trata-se de uma planta de porte mediano, com frutos arredondados de aroma e sabor especiais, comumente utilizados com a finalidade de aromatizante ou tempero. O zimbro comumente é utilizado no gin, para aromatizá-lo e dar seu gosto característico, deixando a bebida e seu aroma adocicados de maneira leve. De acordo com cada região, a planta zimbro pode ser conhecida popularmente como fruto de genebra, genebreiro, junipo, junípero e zimbrão. Porém, acredita-se que ela possua outras serventias, como propriedades medicinais benéficas para o organismo humano.

Chá de zimbro - Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

Propriedades e benefícios do chá de zimbro

O zimbro exerce determinados benefícios sobre o organismo, de acordo com as seguintes propriedades importantes nele contidas:

  • Anti-inflamatório;
  • Antirreumatismal;
  • Antisséptico;
  • Aperitivo;
  • Carminativo;
  • Calmante;
  • Digestivo;
  • Diurético.

Assim, é possível prevenir muitas doenças com a planta zimbro, ou em casos no qual o indivíduo já se encontra em enfermidade, ser um poderoso auxiliar no tratamento. Por exemplo, sua propriedade anti-inflamatória lhe permite auxiliar dores musculares causadas por inflamações, assim como inflamações de garganta, intestinais, entre outras; o reumatismo também possui seus sintomas aliviados e reduzidos com o consumo do zimbro; como poderoso antisséptico é importante para o tratamento de espinhas, acnes, irritações na pele e celulites; quem sofre de insônia, depressão, hiperatividade ou nervosismo também se beneficia do consumo de zimbro, que age como calmante; reduz a acidez estomacal, evitando problemas digestivos; elimina ou reduz em grande proporção o mau hálito; o zimbro também é muito eficiente para tratar problemas respiratórios, como asma e bronquite; promove uma “limpeza” no organismo por suas propriedades diuréticas, que estimulam a eliminação de líquidos, expelindo pela urina toxinas e bactérias, além de contribuir para o emagrecimento.

Efeitos colaterais e contraindicações

No caso de tratamentos realizados com a planta zimbro por um longo e prolongado período, observa-se o aumento da possibilidade de ocorrência de problemas renais. Indivíduos portadores de doenças renais ou gestantes não devem consumir a planta.

Lembramos que cada organismo é único e responde aos estímulos feitos de maneira diferenciada. Assim, recomenda-se fortemente que nunca se inicie um tratamento medicinal – seja ele industrializado ou natural – sem o auxílio e orientação de um médico de confiança.

Modo de preparo

É possível encontrar os frutos da planta zimbro em forma de pó, em farmácias e lojas de produtos naturais. Leve ao fogo duas colheres de sopa do pó de zimbro, juntamente com meio litro de água. Deixe ferver por cinco minutos, então abafe o recipiente e aguarde até que o chá amorne. Quando a temperatura estiver adequada para consumo, beba o chá e repita o procedimento uma vez por dia, durante uma semana ou de acordo com a indicação médica.