Chá gourmet promete alta qualidade

Por Natália Petrin em Degustação

O chá fica somente atrás da água quando se fala em bebidas mais consumidas no mundo todo. A nova tendência é a de servir chás importados, também conhecidos como chás gourmet, às suas visitas. É claro que o café vai continuar sendo muito querido por todos, mas esses chás vem conquistando cada dia mais adeptos, principalmente nos grandes centros.

Esse hábito, em parte, vem do Oriente e da Europa, onde o consumo é muito mais comum do que no Brasil, por exemplo. A Inglaterra é famosa pelo tradicional chá com leite, e no país são consumidas aproximadamente 165 milhões de xícaras de chá por dia, algo como pelo menos três xícaras para cada habitante.

Aqui no Brasil, no entanto, até então, o chá era conhecido como uma bebida com caráter medicinal, mas isso tem diminuído cada vez mais, fazendo com que o consumo se intensifique. Apesar de ainda não haver cálculos estatísticos, estima-se que o consumo de chás dobrou nos últimos cinco anos, mas que está aumentando graças à moda do chá gourmet.

Chá gourmet promete alta qualidade

Foto: Reprodução

O que é o chá gourmet?

O chá gourmet deve ser preparado com ervas de qualidade, normalmente importadas e com preparação adequada, sem a personalização para que se mantenha o sabor original da planta. É feito para paladares mais exigentes e conhecedores do assunto, feito com os melhores ingredientes transformando o chá em um líquido tão desejado quanto vinhos e cervejas artesanais, por exemplo.

Como consumir?

É essencial seguir as instruções da embalagem. Apesar de parecer algo simples, o preparo dos chás nem sempre o é, pois cada erva possui uma forma certa para seu preparo e, certamente, os fabricantes pesquisaram isso.

É comum, no entanto, a personalização dos chás com a chamada liberdade poética. Você pode, após conhecer o sabor do chá, personaliza-lo com o tempo de infusão, quantidade de erva para xícaras de água e até mesmo a adição de outros ingredientes podem trazer um sabor bastante peculiar para seu chá.

É preciso estar atento, no entanto, pois adicionar mel a um chá Darjeeling, por exemplo, vai tirar toda a característica do sabor do chá. Para entender melhor, seria algo como adicionar mel ao vinho branco.

Inicialmente, aprecie o verdadeiro sabor do chá para, somente depois fazer as customizações. Isso dará, além da criatividade e liberdade, o conhecimento sobre a apreciação e fará com que você saiba os ingredientes certos para adicionar ao chá.