Chá para cálculo renal

Por Natália Petrin em Doenças

Também conhecido como pedras nos rins, o cálculo renal é formado quando há a elevada concentração de alguns componentes da urina, como o ácido úrico, o cálcio, o fosforo e a cistina, de forma a ocorrer a agregação dessas substâncias em forma de cristais. Normalmente, estes são removidos do corpo pelo fluxo natural da urina, mas em algumas situações podem aderir-se ao tecido renal ou estar em regiões onde não conseguem sair de forma natural. Começando com um tamanho pequeno, estas podem acabar crescendo e chegando ao tamanho de um caroço de azeitona, por exemplo.

Por que isso acontece?

As pedras nos rins acontecem devido a múltiplos fatores que agem em conjunto. Mais comum em homens entre 30 e 50 anos – não excluindo mulheres ou outras idades –, as pedras surgem mais frequentemente em pessoas que habitam locais quentes ou nos meses de verão, pois há uma desidratação mais rápida tornando a urina mais concentrada. Além disso, alguns distúrbios genéticos como gota, cistinúria e hiperoxaluria primária, além de casos de cálculos utológicos na família predispõe um indivíduo a ter pedras nos rins. Podem ser fatores influenciadores também os distúrbios metabólicos como problemas renais endócrinos e intestinais – que aumentam a quantidade de cálcio e oxalato no sangue e na urina –, uso incorreto de medicamentos, infecções urinárias, baixo consumo de líquidos e desordens alimentares.

Chá para cálculo renal

Foto: Reprodução

Como prevenir e tratar?

A prevenção está diretamente ligada aos hábitos saudáveis diários como prática de exercícios, dieta saudável e ingestão de água. É preciso, essencialmente, aumentar a quantidade de líquidos e controlar o uso de sal. O tratamento deve ser feito com supervisão médica, que deve analisar se o caso pode ser resolvido de forma natural ou deve ser submetido a procedimentos cirúrgicos. Existem alguns medicamentos naturais, como chás, que podem ajudar no tratamento.

Chá para tratar cálculo renal

Alcachofa, capim cidrão, quebra-pedras, cabelo de milho e cana do brejo

Esse chá multiervas é eficaz na eliminação de pedras nos rins, além de tratar outros problemas do órgão. Para preparar, junte a mesma proporção de todas as ervas em um pote e misture bem. Coloque três colheres de sopa do composto em um litro de água e leve ao fogo. Quando a mistura alcançar fervura, desligue e tampe, deixando descansar abafada por aproximadamente dez minutos. Coe e consuma morno ou gelado com ou sem adoçante. O indicado é consumir de três a quatro xícaras ao dia.

Além disso, outras ervas podem ser auxiliares no tratamento e na prevenção das pedras como cabelo de milho, chapéu de couro, folha de abacateiro e quebra-pedra. Lembramos, no entanto, que é essencial o acompanhamento médico para analisar o desenvolvimento das pedras e a melhor forma de tratamento.