Chás estimulantes para quem pratica esportes

Por Natália Petrin em Outros

A prática de esportes, apesar de ser um habito extremamente saudável, exige energia e disposição. Por isso, é importante inserir alguns alimentos em sua dieta, que ajudam a aumentar esses fatores. Neste artigo, iremos indicar alguns chás e bebidas naturais que agem dessa maneira.

Chá de bugre

A planta, conhecida também como porangaba e café do mato, produz frutos semelhantes aos do café torrados, e com esses frutos é feita uma bebida que substitui o café. Além de ter efeito emagrecedor, a planta inibe o apetite dando sensação de saciedade. Sua ação envolve ainda suas propriedades diuréticas, e estimulantes da circulação sanguínea, de forma que age na eliminação das toxinas do organismo e na redução das celulites. Além de tudo isso, age como queimadora de gorduras, e é muito usada em compostos que usam complementação de outras plantas com ação estimulante, como o ginseng, guaraná e chá verde, por exemplo. No entanto, é preciso que pessoas que tenham problemas com ansiedade, insônia, nervosismo, estresse tomem cuidado com o consumo. Os pacientes que sofrem de problemas cardíacos ou hipertensão não devem consumir sem conhecimento do cardiologista.

Chás estimulantes para quem pratica esportes

Foto: Reprodução

Chá verde

Feito com as folhas da árvore Camelia sinensis, esse chá possui altos níveis de cafeína. Com propriedades estimulantes, a planta possui ainda efeito antioxidante, ajudando a combater o envelhecimento precoce da pele, além de diminuir as taxas de colesterol ruim. A presença de bioflavonoides e catequinas a tornam capaz de bloquear possíveis alterações celulares. O preparo desse chá, no entanto, é diferente dos habituais. Não se deve usar a água fervente, mas quando ela estiver a ponto de ferver, pois caso contrário o chá se tornará amargo. A infusão deve ser feita por um período entre 5 e 10 minutos.

Extra:

Café

O café, conhecido por todos e muito popular, é uma bebida que, em doses moderadas, reconforta e estimula o organismo na queima de calorias. Possui efeitos termogênicos devido à cafeína, que atua no aumento da velocidade do metabolismo. As propriedades do café agem nos tecidos adiposos e, de forma indireta, na liberação de epinefrina, estimulando a lipólise, que é a queima de gordura. Além disso, a cafeína facilita a atividade motora devido ao estimulo feito nos motoneurônios, fazendo com que as pessoas que a consumam pratiquem atividades motoras com mais agilidade, perícia e segurança. No entanto, quando em doses elevadas – acima de quatro xícaras ao dia – o café pode fazer muito mal, interferindo no sono, causando irritabilidade e nervosismo, além de aumentar a eliminação de cálcio na urina e reduzir a absorção de ferro.