Chás para a fertilidade

Por Natália Petrin em Outros

Chamamos de fecundidade a capacidade de produzir e reproduzir, e o termo é usado tanto para homens como para mulheres. É a fecundidade que ajuda o ciclo hormonal a determinar quando é o melhor momento para cada uma das mulheres engravidar, além de determinar quando os homens podem ser mais férteis. Existem fatores de regulação que podem aumentar ou diminuir a fecundidade, entre eles estão os padrões de vida, alimentação, situações regionais e locais geográficos, por exemplo.

O problema atinge principalmente mulheres fumantes, além de ter como influência ainda a profissão, que pode determinar de acordo com nível de estresse, entre outros fatores. Alguns cuidados com a alimentação, higiene e estilo de vida podem ajudar a melhorar a fecundidade, mas isso serve tanto para o homem quanto para a mulher.

Chás para a fertilidade

Foto: Reprodução

Remédios naturais para a fecundidade

O vinho, quando aplicado na barriga, ajuda a manter aquecido, ajudando a aumentar a fertilidade. Além disso, você pode tomar um banho quente antes de ter relações sexuais, pois isso ajuda a energizar os hormônios. O óleo de hortelã, aplicado ao corpo com massagens, também é uma forma eficaz, assim como o azeite e o vinagre. O consumo de frutas e verduras ajuda a manter a saúde, além do extrato de toranja, que deve ser consumido duas vezes ao dia, duas gotas em um copo de água. Além disso, existem alguns chás que podem ajudar.

Chás para a fertilidade

  • Chá de alecrim: o chá de alecrim é muito bom para melhorar o sistema hormonal masculino, aumentando a sua fertilidade. Pode ser preparado com infusão.
  • Chá de crisântemo amarelo: consumido uma vez ao dia, ajuda a melhorar a fertilidade tanto em homens como em mulheres.
  • Chá de urtiga: possuem muitas vitaminas e minerais que ajudam a aumentar a fertilidade. Seu consumo pode ser feito tanto por homens como por mulheres.
  • Chá de dente de leão: aliada do fígado, a planta é rica em minerais e ajuda a regular a produção de hormônios, ocasionando o aumento da fertilidade.
  • Chá de ginseng: esse chá deve ser consumido a partir do primeiro dia do período até o início da ovulação. A planta ajuda a fortalecer o fluxo sanguíneo para os órgãos reprodutivos.
  • Chá verde: o chá verde é um poderoso antioxidante, ajudando a produção saudável de óvulos nas mulheres, e nos homens de espermas saudáveis.

Além desses, existem algumas combinações que são excelentes para quem procura a fertilidade.

Chá da fertilidade: urtiga, alecrim, artemísia e cavalinha

Esse chá pode ser preparado com a proporção de 1 colher de sopa de urtiga, 1 colher de sopa de alecrim, 2 colheres de sopa de artemísia, 1 colher de sobremesa de cavalinha e meio litro de água. Tome sempre pela manhã e durante à noite, durante três ciclos. Deve ser consumido diariamente do 1° ao 14° dia do ciclo.

Chá da fertilidade

Bom para mulheres que tenham síndrome dos ovários policísticos, esse chá deve ser preparado com a proporção de 1 colher de sopa de vitex, 1 colher de sobremesa de maca, 1 colher de sobremesa de alcaçuz e 250 ml de água. Tome durante 6 ciclos ou até confirmar a gravidez, 250 ml por dia. Com as três ervas, o chá deve ser tomado do 1° ao 4° dia do ciclo. A partir do 15° dia, consuma o chá com apenas vitex e maca, pois na segunda metade do ciclo o alcaçuz não deve ser consumido, pois pode provocar aborto.