Chás para o tratamento da amigdalite

Por Natália Petrin em Doenças

Antes de mais nada, precisamos entender o que é a amigdalite. As amigdalas são estruturas que estão localizadas na garganta, ajudando a combater os invasores que chegam ao aparelho respiratório e, consequentemente, tem como função a defesa, fazendo parte do sistema. Quando acontece a inflamação dessas estruturas, chamamos de amigdalites.

Sintomas

Os sintomas da amigdalite podem ir aumentando de acordo com o aumento da infecção, e variar de acordo com o seu tipo, mas de uma forma geral causa dor de garganta e presença de placas brancas, além de outros sintomas como febre, mal estar geral, redução do apetite, dores de cabeça, dores no pescoço, vermelhidão e pontos brancos – de pus que podem ou não aparecer –, náuseas e vômitos, entre outros.

No entanto, como os sintomas estão relacionados a outras doenças, é importante sempre procurar um médico para ter o diagnóstico correto.

Tratamento

O tratamento deve ser feito com orientação médica, mediante diagnóstico, mas pode ter como auxiliares alguns chás.

Chás para o tratamento da amigdalite

Foto: Reprodução

Chá de dente-de-leão

  • 1 e ½ xícara de água
  • ½ colher de sopa das folhas e raízes secas da planta
  • 1 colher de sopa de mel

Para preparar, ferva a água junto com as folhas e raízes de dente-de-leão. Quando atingir o ponto de fervura, você deve contar aproximadamente 10 minutos para enfim desligar. Quando amornar, coe e adoce com o mel. A mistura deve ser usada para fazer gargarejos três vezes ao dia.

Alecrim pimenta

  • 150 ml de água
  • 2 colheres de chá de folhas de alecrim pimenta

Ferva a água e então desligue. Adicione as folhas e tampe, deixando em infusão por alguns minutos. Passado esse período, coe e faça gargarejos ou bochechos entre duas e três vezes ao dia.

Xarope de flor de laranjeira

  • 1 limão cortado em 4
  • 3 dentes de alho
  • 1 xícara de chá de mel
  • 3 colheres de sopa de flor de laranjeira

Para preparar, macere as folhas de laranjeira, o alho e o limão e em seguida coloque o mel por cima. Tampe e deixe descansar por doze horas e, enfim, esprema em um pano bem limpo. Consuma uma colher de sopa do xarope pela manhã, e outra à noite.

Outros tratamentos

Outras formas de tratar são por meio do suco de pepino com mel, gargarejo com suco de tomate verde ou suco de abacaxi com mel, ou ainda o purê de maçã consumido em substituição a uma das refeições.