Chás para o útero

Por Natália Petrin em Doenças, Outros

Miomas, o que são?

Os miomas são tumores benignos compostos basicamente de músculo uterino que cresce e pode causar alterações no formato do útero. Eles podem permanecer estáveis durante muitos anos, e de repente, crescer bastante em um período pequeno. Comuns entre os 40 e 50 anos, os miomas não possuem registro de ocorrência antes da primeira menstruação e são mais comuns em mulheres negras.

Os principais sintomas que acometem mulheres com miomas uterinos são a menstruação irregular forte por longos períodos – podendo causar anemia-, cólicas, sangramentos entre uma menstruação e outra, dores abdominais, pélvicas e durante a relação sexual e problemas urinários frequentes como infecção do trato urinário, cistite, infecção dos rins e vontade mais frequente de urinar.

Como tratar?

Não existem tratamentos eficazes em seu desaparecimento, mas alguns medicamentos impedem o seu crescimento ou até mesmo reduzem o tamanho temporariamente. Além disso, pode ser realizado o tratamento por meio da Embolização Uterina. A técnica apresenta menos riscos do que a cirurgia, e consiste na interrupção da circulação sanguínea que irriga os miomas. A interrupção é feita por meio da punção da artéria Femoral e da inserção de uma substância gelatinosa que bloqueia as artérias de nutrição dos miomas. Estes, sem irrigação sanguínea atrofiam e morrem.

Para quem optar por seguir o tratamento com medicamentos, uma vez que o procedimento cirúrgico pode ser caro, pode complementá-lo com plantas medicinais.

Chás para o útero

Foto: Reprodução

Chás para tratamento do útero

  • Uxi Amarelo

Árvore comum na Floresta Amazônica, o uxi amarelo fornece a casa, da qual se faz uma infusão. Sua casca possui propriedades que tratam distúrbios menstruais, inflamações do útero, miomas, quistos e hemorragias.

  • Unha de gato

Planta trepadeira, originária da Floresta Amazônica, a unha de gato possui propriedades medicinais que podem ser obtidas para tratamento por meio de infusão da sua casca. Suas propriedades são inti-inflamatórias, imunoestimulantes e anticancerígenas, sendo eficaz no tratamento de tumores metastáticos, sarcoma de Kaposi e candidíase.

Alguns testemunhos indicam os benefícios das duas plantas na redução ou eliminação dos sintomas dos miomas, ou até mesmo no desaparecimento dos próprios miomas. O ideal é fazer o consumo concomitante das duas ervas na forma de chá. Além deles, pode-se usar ainda a tanchagem.

  • Tanchagem

A tanchagem é uma erva com muitas propriedades que contribuem para o tratamento das inflamações uterinas. Excelente anti-inflamatório, seu consumo é indicado diariamente e exerce, como complemento a uma rotina alimentar saudável, um impacto positivo no bem estar geral da mulher.

Procure sempre um médico em caso de sintomas, ou da continuidade dos sintomas mediante tratamento medicinal. Não faça tratamentos sem falar com seu médico, pois até mesmo as ervas podem interferir positiva ou negativamente nos efeitos dos medicamentos que são consumidos por você.