Chás que agem contra a depressão

Por Helena Silva em Doenças

Depressão hoje em dia é considerada o mal do século. Atinge pessoas de todas as idades, raças e classes, sem distinção. Tal distúrbio afetivo deve ser levado a sério. Pessoas depressivas tendem a ter pensamentos negativos, tristes, sensação de baixa autoestima e, em casos mais críticos, pode levar até ao suicídio. Há quem diga em certos dias que está “deprê”, entretanto, não se deve confundir a depressão, uma grave doença psiquiátrica, com uma simples tristeza que acomete qualquer um ao longo da vida. A depressão muitas vezes vem a ser mal compreendida pelos expectadores devido ao entendimento do mecanismo da patologia ser difícil e apenas aqueles que realmente passaram na pele pelo quadro sabem exemplificar a sensação com destreza. É uma doença que se manifesta de diferentes formas e de acordo com o organismo de cada um, vindo a ser classificada como crônica ou aguda.

Chás que agem contra a depressão

Foto: Reprodução

A depressão crônica é aquela que tem seus sintomas mais brandos que na depressão aguda. Na aguda, o indivíduo tem sua rotina totalmente prejudicada devido ao fato de não conseguir realizar suas atividades diárias de forma normal. O indivíduo é acometido por uma tristeza tão intensa que para de fazer coisas comuns como tomar banho ou cuidar de sua higiene pessoal e se entrega totalmente ao estado da doença.

Como identificar a depressão

Dentre os sintomas da depressão, podemos citar:

  • Perda ou aumento brusco de peso;
  • Pensamentos suicidas;
  • Tédio acompanhado de tristeza profunda e falta de vontade para realizar qualquer tarefa;
  • Sentimento de culpa sem razão aparente;
  • Falta de concentração
  • Insônia;

Tratamento para depressão. Como proceder

O tratamento para tal distúrbio deve ser feito a partir de auxílio psiquiátrico e psicológico. No psiquiátrico, serão introduzidos possíveis medicamentos que ajudem o paciente a obter melhoras. Entretanto, a análise das causas e higiene mental só pode ser realizada a partir da psicoterapia, extremamente importante na cura da depressão.

Para aqueles que não são adeptos da ingestão de drogas, há meios alternativos de amenizar os sintomas da depressão. Dentre eles, podemos citar a terapia através de chás medicinais, que além de naturais, prometem diminuir efeitos de depressão aguda, crônica e até mesmo daqueles momentos baixo-astral que surgem na vida dos indivíduos esporadicamente.

Dentre as ervas eficazes, podemos citar…

Chá de alecrim

Realizar infusão (ato de ferver água e despejar no recipiente recoberto da erva medicinal em questão) de uma colher de sobremesa da erva em uma xícara de chá com água fervente. Ingerir três xícaras da solução ao dia.

Chá de salgueiro branco

Preparar o chá fazendo infusão de um litro de água juntamente com 30g de folhas da planta, deixando repousar por cerca de vinte minutos. Ingerir três xícaras do chá por dia.

Chá de erva de são joão

Infusão de uma colher de sobremesa da erva e uma xícara de água fervente. Deve ser ingerido em até, no máximo, quatro vezes ao dia.