Conheça alguns dos melhores chás calmantes

Por Anderson Pereira em Saúde

Para combater o estresse e a ansiedade, alguns médicos costumam receitar ansiolíticos, que são usados utilizados principalmente para tratar certos tipos de depressão. Entre 2006 e 2010, a venda dos medicamentos “tarja preta” aumentou 36% no Brasil. O perigo do uso desse tipo de medicamento é a ingestão em excesso, que pode causar uma série de efeitos colaterais e até dependência.

Como alternativa ao uso desses medicamentos, muitos apostam nos fitoterápicos e nos chás, que são feitos com plantas que agem de forma semelhante as “drogas” sintéticas. Quem nunca ouviu de alguém o conselho para tomar chá de camomila para se acalmar?

Apesar de serem naturais, algumas ervas utilizadas para produzir o chá possuem contraindicações e o recomendável é sempre consultar um médico antes de apostar nas infusões para tratar algo (principalmente se o uso do chá for associado a outros medicamentos).

Conheça alguns dos melhores chás calmantes

Foto: Reprodução/ internet

Receitas de chás calmantes

Chá de camomila

É certamente a erva mais conhecida e mais procurada quando se trata de chá com efeito calmante. A camomila pode também ser utilizada para combater a gota, problemas de circulação, reumatismo e inflamações em geral. Para preparar o chá, ferva meio litro de água e acrescente uma colher de chá de flores e folhas secas de camomila. Deixe abafado durante 15 minutos, coe o chá e o mesmo estará pronto para o consumo.

Chá de passiflora

Assim como o maracujá, a folha e as flores desta planta também possuem efeitos calmantes. Ela também possui propriedades antidepressivas, analgésicas, antiespasmódicas, hipotensora, sedativa e relaxante muscular. Para fazer a infusão, leve ao fogo uma xícara de chá de água e assim que começar a ferver, desligue o fogo. Acrescente uma folha fresca picada. Mantenha o recipiente fechado por cinco minutos e depois sirva.

Chá de erva-cidreira

Também conhecida como melissa, possui óleos essenciais que acalmam e combatem a ansiedade, além de ter efeito espasmolítico e digestivo. Para preparar, ferva 200 ml de água e adicione entre 10 e 15 folhas da erva e um limão fatiado com casca. Desligue o fogo e deixe abafado durante cerca de cinco minutos.

Chá de erva-de-são-joão

Esta erva teve sua eficácia comprovada por estudos feitos no Centro de Medicina Complementar de Munique, que provou que a erva tem efeito superior ao do placebo e similar aos de medicamentos antidepressivos usados em depressões leves e moderadas. Para preparar o chá, ferva uma xícara de água e acrescente uma colher de sobremesa da erva. Deixe repousar em um recipiente por cerca de cinco minutos e o mesmo estará pronto para o consumo.

É importante lembrar que, antes de consumir a erva-de-são-joão, o ideal é procurar orientações médicas, especialmente se o uso do chá for associado a outros medicamentos.