Conheça chás potentes para combater o mal de Alzheimer

Por Katharyne Bezerra em Doenças, Saúde

O alzheimer é uma doença neuro-degenerativa, que provoca demência em seus acometidos, leva à morte e, de acordo com pesquisas, atinge duas vezes mais as mulheres que os homens. Essa patologia causa esquecimento e distúrbios de comportamento. Segundo a Sociedade Brasileira de Neurologia, cerca de 0,2% das pessoas com mais de 60 anos têm essa doença. E, mesmo respondendo aos estímulos internos e externos, as pessoas com Alzheimer precisam ser observadas 24 horas. Geralmente, a doença evolui rapidamente, em um período de cinco a 10 anos. Nessa fase, os pacientes acabam morrendo.

É importante a família do idoso ficar atenta aos primeiros sintomas e procurar um médico o mais rápido possível. Quanto mais rápido for iniciado o tratamento, mais se prolonga a expectativa de vida do paciente. Outros remédios naturais podem ser utilizados em paralelo ao medicamento receitado pelo especialista.

Conheça chás potentes para combater o mal de Alzheimer

Foto: Reprodução/ internet

Chás que retardam e previnem o Mal de alzheimer

Chá de magnólia

Essa bebida tem a capacidade de aliviar o estresse, melhorar a memória, controlar a ansiedade e modular os neurotransmissores cerebrais. Por essas características, o chá de magnólia é um forte aliado na prevenção do Alzheimer. Esses benefícios são encontrados nos princípios ativos das folhas e flores da planta, essencialmente terapêutica e calmante natural.

Para preparar a infusão desse chá, é necessário amassar as folhas e as flores. A medida ideal é uma colher de sopa de extrato em um litro de água. Coloque a mistura para ferver e deixe por aproximadamente 10 minutos. Espere esfriar e tome até duas xícaras da bebida por dia.

Chá preto com baunilha

Por conter um alto teor de cafeína, o chá preto com baunilha atua como anti-inflamatório e antioxidante nas células do corpo. Por essa razão, serve para diminuir o avanço do Mal de Alzheimer e até mesmo preveni-lo.  Para fazer a bebida, use uma xícara de água fervente, um saquinho de chá preto e uma vagem de baunilha para aromatizar o chá.

Coloque em um recipiente a água e deixe-a ferver. Retire do fogo e adicione o chá preto. Tampe e espere descansar por aproximadamente cinco minutos. Por fim, adicione a baunilha e tome o chá ainda morno. O tratamento deve ser feito a base de duas xícaras por dia. Evite tomar no período da noite para não ter insônia.

Chá verde

Assim como o chá preto, o chá verde também tem um alto teor de cafeína. Além disso, existe uma substância no chá verde que é capaz de inibir o desenvolvimento da proteína responsável pelo o surgimento do Mal de Alzheimer. Quem deseja usar o chá verde como tratamento dessa doença, basta repetir o mesmo processo acima, trocando o chá preto pelo verde e sem adicionar a baunilha. A dosagem também é a mesma.