Consumo de chá verde pode diminuir deficiências em idosos

Por Robson Merieverton em Uncategorized

Entre tantos os benefícios que o consumo do chá verde pode trazer para a saúde das pessoas, mais uma para notar na lista: ele pode reduzir as deficiências em idosos. Porém, para que ele surta o efeito desejado, o consumo deve seguir uma regularidade. A boa notícia foi dada com a divulgação de um estudo realizado pela Escola de Medicina da Universidade Tohoku, no Japão.

De acordo com os pesquisadores, o chá verde contém substâncias químicas antioxidantes que ajudam a evitar os danos celulares ligados a determinadas doenças. Porém, antes de começar a tomar o chá verde, é indicado que o médico seja consultado. Isso porque a substância possui altas doses de cafeína e pequenas quantidades de vitamina K. Se ingerido em excesso, pode cortar o efeito de certos medicamentos que impedem a coagulação do sangue.

O estudo

Ao todo, um grupo de 14 mil adultos, com mais de 65 anos, foram acompanhados pelos pesquisadores durante três anos. Os grupos foram divididos entre os que tomavam mais chá e outros que tomavam menos. Os participantes que beberam mais chá verde foram os menos propensos a desenvolver incapacidade funcional. Esse avanço foi percebi na realização de tarefas diárias, como tomar banho ou se vestir, por exemplo, ou em funções cognitivas, como lembrar de algo.

A ingestão maior d chá verde também minimizou as chances de desenvolver deficiências. Os estudiosos também notaram que 13% dos adultos que beberam menos de uma xícara de chá verde por dia tornaram-se funcionalmente incapacitados, além de ter aumentado em, 25% o risco de desenvolver deficiências.

Consumo de chá verde pode diminuir deficiências em idosos

Foto: Depositphotos

Benefícios do chá verde para a saúde

O chá verde contém quantidades consideráveis de manganês, potássio, ácido fólico, vitamina C, vitamina K, vitamina B1 e a vitamina B2, nutrientes que são essenciais para o bom funcionamento do organismo. Por ser uma erva rica em antioxidantes, ele proteger as células do organismo; combater o colesterol; retardar o envelhecimento celular; prevenir doenças do coração, além de vários tipos de câncer.

Como o chá verde tem cafeína, ele também ajuda a aumentar a concentração mental e, por isso, deve ser tomado especialmente na parte da manhã. A bebida também é boa para a pele, pois ajuda a hidratar, rejuvenescer e deixa-la mais brilhante e saudável. Porém, gestantes, indivíduos com hipertensão, glaucoma e doenças psiquiátricas devem evitar o consumo da substância. Pois ela pode trazer consequências para a saúde.

Além do chá verde…

Assim como em outros programas para se levar uma vida saudável, o consumo do chá verde também deve ser associado a outros hábitos, como o cuidado com a alimentação e a prática de atividades físicas.

O chá verde é preparado a partir brotos e folhas de uma erva chamada Camellia sinensis. In natura, o preparo do chá consegue oferecer mais benefícios do que quando preparado a partir do saquinho de ervas. Isso porque, no processo de industrialização, ele perde algumas das propriedades, já que é misturado com outras como o caule da planta.

É aconselhável que o chá verde seja consumido pelo menos uma hora antes de dormir. A explicação para isso vem da ação da cafeína no organismo. Ela prejudica a absorção de ferro e vitamina C pelo organismo, quando tomado após as refeições. Para acabar com o gosto amargo da bebida, a dica é bater o chá verde no liquidificador com algumas colheres de mel, ou misturar com frutas da sua preferência, a exemplo do morango, maçã verde e laranja.