Controle a pressão com chá de cereja brasileira

Por Katharyne Bezerra em Degustação, Plantas, Saúde

Nativa do Brasil, Argentina e Uruguai, a Eugenia uniflora é uma planta utilizada para fazer um chá cheio de benefícios que consegue tratar diversos problemas de saúde e estéticos.

Mais conhecida como cereja brasileira, esta erva que pertence à família das Myrtaceae, possui ainda outros nomes, como: pitangueira-miúda, pitanga-vermelha, pitanga-do-mato, pitangueira etc.

Propriedades medicinais e efeitos benéficos da cereja brasileira

controle-a-pressao-com-cha-de-cereja-brasileira

Foto: reprodução/Ricardo Cardim

  • Adstringente;
  • Analgésica;
  • Depurativa;
  • Digestiva;
  • Estimulante;
  • Refrescante;
  • Refrigerante;
  • Vermífuga.

A cereja brasileira pode ser utilizada para ingestão, compor banhos, fazer gargarejos ou aplicar diretamente em determinadas regiões do corpo. Por exemplo, quando consumida em forma de chá, a planta tem a capacidade de tratar afecções do fígado, cólicas menstruais, diarreia, febres, bronquite e hipertensão. Já quando ela é usada no banho, ela pode limpar e descongestionar a pele.

Além disso, cereja brasileira pode eliminar as infecções nas gargantas quando aplicadas em forma de gargarejos. Já na aplicação direta do chá, ela pode ser usada em para tratar gota e reumatismo e evitar a queda de cabelo.

Como fazer o chá desta planta?

Antes de mais nada, vale ressaltar que este chá pode ser feito tanto com as folhas secas como também frescas. Porém, em quantidades variáveis.

Por exemplo, se a infusão for feita com as folhas secas, só é necessário colocar uma colher (de sopa) deste ingrediente em uma xícara de água fervente. Já se a folha estiver fresca, a quantidade aumenta para duas colheres (de sopa) em uma xícara de água quente.

Depois que misturar os ingredientes, o recipiente precisa ser tampado durante cinco minutos. Logo após o tempo determinado, coa-se a substância e ela já poderá ser consumida. Não se deve acrescentar leite, limão, açúcar, mel ou adoçante. A dica é seguir um tratamento de três xícaras por dia, durante o tempo ideal para recuperação.

Precauções e cuidados essenciais

Ainda não foi constatado nenhum problema com relação a utilização de cereja brasileira em forma de chá. Contudo, é necessário ter atenção ao consumo, que deve ser feito de forma moderada. Assim, não ultrapasse a quantidade de ingestão do produto natural. Além disso, a dica mais importante é seguir para uma consulta médica, antes de se automedicar, seja com remédio caseiro ou não.