Desfrute dos benefícios do chá de laranja-amarga

Por Natália Petrin em Frutas

Laranja-amarga é uma planta que, também conhecida como laranja azeda, laranja cavalo e laranja da china, vem sendo muito usada devido às suas propriedades medicinais. De nome científico citrus aurantium L., a planta pode ser consumida na forma de compotas, doces e geleias, além de ser encontrada também na forma de óleo essencial.

Propriedades e benefícios

A planta possui propriedades que auxiliam no tratamento da obesidade, prisão de ventre, cólera, doenças respiratórias, distúrbios metabólicos, dores de cabeça, artrite, gases, febre, acúmulo de ácido úrico, insônia, gripe, escorbuto, estresse, diurese, dispepsia, entre outras. É indicada ainda para limpar o organismo e reduzir gorduras e fluídos corporais, devido à sua ação como antioxidante. É excelente para o emagrecimento, pois é um suplemento dietético usado no tratamento de indivíduos obesos, uma vez que inibe o apetite – esse benefício, inclusive, é comprovado por estudos -, além de ajudar a desinchar diminuindo a retenção de líquidos -.

Suas propriedades que proporcionam estes benefícios são a ação antiartrítica, alcalinizante, laxante, rejuvenescedora, anti-inflamatória, antirreumática, antisséptica, aperiente, carminativa, vermífuga, vitamínica, antidepressiva, antiescorbútica, relaxante, digestiva.

Desfrute dos benefícios do chá de laranja-amarga

Foto: Reprodução/ internet

Como consumir o chá de laranja-amarga?

A planta pode ser consumida na forma de chá. Para preparar são usadas as folhas, flores e frutos. Você vai precisar de:

  • Duas colheres de sopa da laranja-amarga picada
  • Um litro de água

Em um recipiente, coloque a água e leve ao fogo. Quando começar a ferver, desligue e adicione a laranja-amarga picada e tampe. Deixe descansar até amornar e em seguida coe e consuma. A dose indicada é de uma xícara, pelo menos três vezes ao dia.

Outra forma de preparo é com as cascas. Confira

  • Cascas de 6 laranjas amargas
  • Dois litros de água
  • Mel

Em um recipiente, coloque a água e as cascas e leve ao fogo. Quando começar a ferver, cronometre 20 minutos e então desligue. Em seguida, deixe descansar por aproximadamente dez minutos tampado. Depois disso, coe e adoce com mais ou menos uma colher de sopa de mel. A dose indicada é de uma xícara ao dia, de preferência de manhã, em jejum.

Atenção: para quem busca o emagrecimento, é importante que o consumo do chá ou da fruta esteja associado à hábitos alimentares saudáveis e prática de exercícios físicos.

Contraindicações e efeitos colaterais

A planta é contraindicada para pacientes que tem pressão alta, uma vez que tem como efeito colateral o aumento da pressão arterial.